sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Indicação da Componente Letiva 2 e Apuramento de Horários

Embora o "Manual de Instruções – Indicação da Componente Letiva e Necessidades Temporárias" (Pedido de Horários) – 2013" seja um documento direcionado para as escolas (e não para nós, candidatos) aconselho uma leitura atenta do mesmo, até para terem uma noção mais próxima da real, daquilo que o MEC está a fazer em termos de horários para professores.

Deixo-vos com alguns parágrafos que considerei relevantes:

- "Sendo importante rentabilizar o número de docentes de carreira que ainda aguardam colocação nos grupos de recrutamento de Português (GR 300) e de Inglês (GR 330), importa que as necessidades do agrupamento de escolas ou escola não agrupada, ao nível das línguas, surjam nesses grupos. Para tal, o agrupamento de escolas ou escola não agrupada deve atribuir as horas de Latim (GR 310), de Francês (GR 320) e de Alemão (GR 340) a docentes já colocados no agrupamento de escolas ou escola não agrupada, para que, e surgindo uma nova necessidade, esta se verifique, sempre que possível, nos grupos de recrutamento de Português (GR 300) ou de Inglês (GR 330)";

- "Os agrupamentos de escolas ou escolas não agrupadas TEIP (Territórios Educativos de Intervenção Prioritária) e/ou com contrato de autonomia devem, também, inserir os seus pedidos de horários nesta aplicação informática";

- "O prazo para Indicação da Componente Letiva 2 (ICL2) e Recolha de Horários para as Necessidades Temporárias decorre entre o dia 8 de agosto até às 18:00 horas de Portugal continental do dia 13 de agosto de 2013";

Existem ainda outras informações relativas ao apuramento de horários e que me parecem bastante interessantes. De salientar que as escolas não agrupadas e agrupamentos de escolas terão de gerir agora alguma situações passíveis de mudança em setembro.

12 comentários:

  1. Olá! Já houve a ICL1? É nesta fase que são retirados os docentes da mobilidade interna?

    ResponderEliminar
  2. Quando e como podemos saber se a candidatura à Mob Int está válida?

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde.
    Ao dar uma vista de olhos no manual reparei pelo exemplo apresentado que o cálculo das horas para pedir horários é feita de forma automática. E o programa considera 22 horas para cada docente do quadro. E as tais reduções do 79?
    Um grande bem haja ao trabalho excelente que vem sendo desenvolvido neste blog.

    ResponderEliminar
  4. "É fundamental que os diretores assegurem que, após as colocações das necessidades temporárias, apenas surjam horários temporários, decorrentes da substituição de docentes que tinham serviço docente distribuído"
    O que quer dizer isto?????? Não havendo contratação inicial,significa que a escola só pode pedir horários temporários/substituições nas RR?
    sandra

    ResponderEliminar
  5. Sandra, também tenho essa dúvida. Será que o Ricardo está mais esclarecido e pode ajudar?

    Susana R.

    ResponderEliminar
  6. Sandra e Susana o que quer dizer aquele pa´ragrafo é o mesmo que sempre apareceu e bem, as escolas devem indicar todas as necessidades, agora, e não mais tarde.

    DF

    ResponderEliminar
  7. Para Samarques: Por acaso ainda não me tinha apercebido disso... Mas presumo que as reduções sejam ponderadas para o cálculo das necessidades algures no processamento. Se assim não for...

    ResponderEliminar
  8. Para sandra: Este tipo de indicação sempre foi dado aos diretores. Os horários completos devem ser colocados a "jogo" agora e não em outubro ou novembro (por exemplo).

    ResponderEliminar
  9. Obrigada :)
    Mas tenho sempre medo destas meias palavras dos documentos oficiais...


    Susana R.

    ResponderEliminar
  10. Ricardo acredito que algumas escolas se apercebam disso e tenham isso em consideração. No entanto a maioria não terá esse discernimento. O que é certo é que será um ano mais do que negro para os professores contratados. E bem pior do que todos esperam. Eu há sete anos que fico com anuais completos e este ano se tiver hipótese de fazer umas substituições já me posso dar por feliz.
    Um grande bem haja pelo excelente trabalho desenvolvido neste blog.
    Bom resto de férias.

    ResponderEliminar
  11. Boa noite.
    No manual de instruções, para esta fase de concurso (contratação) há uma chamada de atenção para opositores aos grupos 100 e 110. Nestes casos o intervalo de horário é 1 - completo (monodocência).
    Acontece que ao manifestar preferências para o grupo 910 (Educação Especial) também não aparece outra opção. Não seria suposto podermos concorrer aos outros intervalos de horário?

    ResponderEliminar
  12. OLÁ, BOA TARDE!
    O meu Agrupamento acabou de me ligar e enviou mail confirmando que me foi atribuída componente letiva para o próximo ano. No mail refere-se que fui retirada do concurso de mobilidade interna.
    No entanto, também concorri na 2ªprioridade. Tenho ideia que poderei desistir desse "2º" concurso, quando estará disponível a plataforma para reclamação e desistência total ou parcial da candidatura. É neste campo que necessito de esclarecimento: entendo que "desistência parcial" aplica-se, no meu caso que pretendo, afinal, continuar no meu Agrupamento, à desistência das preferências da 2ª prioridade.
    Neste caso, para ficar no meu Agrupamento, basta fazer a desistência do concurso na 2ª prioridade, sem prejuízo para a minha manutenção no meu agrupamento? Agradeço a tua atenção e esclarecimentos. OBRIGADA :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...