sexta-feira, 24 de abril de 2015

Bom fim de semana...

Como a minha casa é bem perto do local da "queima" aqui em Vila Real, hoje vou adormecer a ouvir Anselmo Ralph. Eh eh eh.

Fiquem bem e até 2.ª feira.


Música de "Anselmo Ralph" - (Tema: Aplausos Para Ti)

Bem a propósito...

Da teimosia...

Acordo Ortográfico dá “probabilidade” de perda de um valor nos exames 

Comentário: Mais do que a perda de um valor, o IAVE "não nega que está prevista uma desvalorização que pode chegar aos quatro valores", essa sim bem mais preocupante (e que podem ler nesta nota do IAVE). 

Como?!

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANELAS RETIRA 3 DIAS DE VENCIMENTO AOS DOCENTES QUE FIZERAM GREVE À PACC. 

Comentário: Tenho sérias dificuldades em conceber uma situação como aquela que é descrita no sítio do SIPE... E se tudo parece apontar para a prepotência de alguém que detém um micro-poder, o facto de existir quem se "digne" a substituir estes colegas também não abona muito a favor do panorama pouco "democrático" (e ultimamente já nem sei muito bem o que isso significa) do agrupamento em causa.

Irei estar atento ao desenrolar desta situação, esperando que o SIPE continue a atualizar o desenvolvimento da mesma.

Reclamação do tempo de serviço descontado devido a faltas por doença

No sítio virtual do SINDEP (aqui) constam duas minutas relativas à reclamação do tempo de serviço descontado devido a faltas por doença (artigo 103º do ECD), que pela sua relevância irei transcrever:

"Situação 1 - Para quem consta das listas provisórias de exclusão 

Deve selecionar as opções B e C da reclamação e: 

- na opção B proceder à correção dos dados do tempo de serviço conforme solicitado pela escola 

- na opção C, na caixa de texto, inserir a seguinte minuta para reclamação das listas provisórias - tempo de serviço descontado devido a
faltas por doença :

O desconto dos dias de faltas por razões de saúde, _____ dias, é ilegal por violar o disposto no artº 103º do ECD “para efeitos de aplicação do disposto no presente Estatuto, consideram-se ausências equiparadas a prestação efectiva de serviço (…) as seguintes: b) Doença”, o qual constitui lei especial, e como tal prevalece sobre a lei geral. Requer que o tempo em causa seja devidamente contado, com a sua consequente inclusão nas listas definitivas de ordenação do presente concurso. 

Situação 2 - Para quem consta das listas provisórias de ordenação 

Deve selecionar a opção C da reclamação e inserir a seguinte minuta para reclamação das listas provisórias - tempo de serviço descontado devido a faltas por doença: 

Nos termos do artº 103º do ECD “para efeitos de aplicação do disposto no presente Estatuto, consideram-se ausências equiparadas a prestação efectiva de serviço (…) as seguintes: (…) b) Doença (…)”, o qual constitui lei especial, e como tal prevalece sobre a lei geral, deve ser contado todo o tempo, incluindo _____ dias de faltas por doença. Requer que o tempo de serviço seja todo contado, no total …dias, com a consequente reordenação nas listas definitivas de ordenação do presente concurso."

De elementar justiça...

"É questão de justiça" a exclusão do concurso nacional dos professores queixosos 

Comentário: O artigo em causa é relativo à "situação de impedimento que recai sobre um grupo de professores, a darem aulas na Madeira, de se candidatarem ao próximo concurso nacional de professores", e que se queixaram de não o poderem fazer... Pois bem, estes docentes quando vincularam sabiam que teriam de permanecer três anos na Madeira.

Pior... Houve colegas que nem sequer se arriscaram a tal concurso precisamente pela questão da obrigatoriedade, e resultado disso, não poderem concorrer para o continente. 

O Presidente do IAVE e o PET

Congratula-se o Sr. Presidente do IAVE nesta reportagem porque: 

“Essa controvérsia foi completamente ultrapassada. Nós, em articulação com a Universidade de Cambridge, chegámos à conclusão de que era possível reconhecer que a sua formação académica inicial [dos professores designados para classificadores] seria bastante para poderem, digamos, candidatar-se a ser classificadores.”

Sr. Hélder Sousa:
Então mas a frequência de um programa de formação para os potenciais professores classificadores não era uma exigência de Cambridge sem a qual “os certificados não poderão ser emitidos”?!  É que eu li isto neste vosso comunicado de imprensa e sei que agora até já são elegíveis  professores que nem a formação concluíram...


Ah… e já agora: pode ser distração minha, mas acho que nenhum professor de inglês em Portugal se “candidatou” a ser classificador dos testes PET.

Ah... e já agora, Parte II: a propósito da possibilidade de serem efetuados descontos por greve ao serviço PET, recorde-se o ponto 1 do Artº 83º do ECD "Considera-se serviço docente extraordinário aquele que, por determinação do órgão de administração e gestão do estabelecimento de educação ou de ensino, for prestado além do número de horas das componentes letiva e não letiva registadas no horário semanal de trabalho do docente."




quinta-feira, 23 de abril de 2015

Dia bom...

...com poucas chatices e boas surpresas. ;)


Música de "Wisin, Carlos Vives ft. Daddy Yankee)" - (Tema: Nota de Amor)

Não acho mal...

Mandarim como língua opcional no básico e secundário 

Comentário: A ideia não é nova... E como um dia destes temos a maioria das nossas empresas nas mãos dos brasileiros, angolanos e chineses, não me parece nada mal os nossos jovens terem formação em mandarim. Espero é que ninguém engane os nossos jovens, fazendo-os acreditar que poderão ter grandes hipóteses de trabalho na China.

Eventualmente após terminar o mandato...

Fenprof ouvida na Judiciária sobre exame de inglês 

Comentário: Acho muito bem que se apure a legalidade de todo o processo  que envolve o PET, pois são tantos os motivos de suspeita que me parece quase irreal que uma ou outra organização sindical se dê por satisfeita apenas com compromissos de componente não letiva ou outra treta qualquer. Certo é que mesmo que se apurem responsabilidades, as mesmas só deverão ver a "luz do dia" no final desta legislatura e apenas se mudar a cor partidário no "poleiro".

No entanto, continuo a não conseguir ultrapassar o facto de termos imensos colegas de Inglês descontentes (por aquilo que se poderá ler nas redes sociais, serão mesmo muitos), mas uma grande maioria (2/3) já tem certificação ou formação para concretizar (de forma voluntária) trabalho não remunerado ao serviço de uma entidade estrangeira.

Cada vez melhor...

Docentes da equipa de colocação de professores dispensados por pedirem transferência 

Comentário: De acordo com o artigo em causa, os elementos dispensados serão o denominado "núcleo duro" dos concursos de professores, no entanto, o mais preocupante será mesmo o motivo de tal dispensa que aparentemente estará relacionado com o descontentamento com a restruturação e com a prepotência de quem passou a mandar na "casa".

Quanto ao desenrolar dos concursos, e em virtude de se continuarem a registar erros e "problemas" (nomeadamente no que concerne a certas validações), o melhor mesmo será atrasar a publicitação das próximas listas (aquelas que realmente interessam, isto é, as de colocação). 

Dos remendos...

BE quer novo concurso de vinculação de professores 

Comentário: A tentativa (não bastará disso...) de solucionar as injustiças introduzidas pela "norma-travão", passará por uma eventual "anulação do concurso externo cujas listas provisórias foram divulgadas no final da passada segunda-feira e o lançamento de um novo concurso". Aquilo que se pretende é essencialmente que o atual Governo cumpra com "a diretiva comunitária que instava o Estado português a integrar nos quadros todos os professores contratados com mais de três contratos".

Por motivos que todos conhecemos, não tenho grandes dúvidas em afirmar que nada será anulado e que será mesmo mantido, introduzindo injustiças que dificilmente serão corrigidas. Infelizmente, a estratégia do "são melhores poucos que nenhuns" só tem fomentado a desunião entre professores.