quarta-feira, 24 de abril de 2019

Mais uma "via rápida" de acesso ao ensino superior para os alunos dos cursos profissionais...


Comentário: É, no essencial, o desvirtuar do objetivo da criação dos cursos profissionais... Se consultarem o sítio virtual da ANQEP (aqui), poderão ler que "os Cursos Profissionais são um dos percursos do nível secundário de educação, caracterizado por uma forte ligação com o mundo profissional. Tendo em conta o (...) perfil pessoal, a aprendizagem realizada nestes cursos valoriza o desenvolvimento de competências para o exercício de uma profissão, em articulação com o setor empresarial local".

Todos sabemos qual o foco governamental nesta medida, e ao ler que "deverão ser fixadas em 10% a 15% do total de vagas no concurso nacional de acesso", teremos aqui mais uma medida discriminatória em relação aos alunos dos cursos "regulares", que regra geral, obtêm classificações substancialmente inferiores àquelas obtidas nos cursos profissionais.

Sabendo desta nova "via rápida" (no essencial, uma ultrapassagem pela berma da direita) para os cursos superiores, é bom que todos nós (professores) comecemos a encarar os cursos profissionais de uma forma mais aproximada aos dos cursos "regulares", para que não sejamos intervenientes ativos nesta política de desigualdade.

A posição do nosso Presidente da República relativamente à recuperação do tempo de serviço...

...não deixa grande espaço para grandes raciocínios, que não a compreensão inequívoca de que os grandes centros de poder estão concertados na manutenção do furto daquilo que é nosso de direito.

Infelizmente, este Presidente da República, acabou por ser mais uma desilusão, num oceano de falta de alternativas políticas.

Termina hoje a formalização do pedido de mobilidade por doença para o ano letivo 2019/2020

Se ainda não formalizaram o pedido de Mobilidade por Doença (MpD) para o próximo ano letivo, convém saber que hoje é o último dia para o fazerem...

No essencial, é só selecionarem a escola para a qual pretendem obter a MpD, e fazerem o upload dos documentos que justificam esse pedido.

terça-feira, 2 de abril de 2019

Mobilidade por doença 2019/2020

Iniciou hoje a primeira etapa da Mobilidade por Doença (MpD) para o próximo ano letivo. Em relação ao ano anterior (aqui), esta primeira etapa foi antecipada em mais de um mês, o que será certamente positivo, não só para quem espera pelo (eventual) deferimento da mesma, mas também pelas vagas entretanto "libertadas" para o concurso nacional.

Relativamente ao calendário previsto para a MpD está previsto o seguinte:

- Preenchimento e extração do relatório médico da aplicação eletrónica: 02 a 23 abril;
- Elaboração do pedido e upload do relatório médico: 17 a 24 de abril.

Tal como em anos anteriores, para esta primeira fase, importa entrar na plataforma SIGHRE, selecionar a aba "Situação Profissional", clicar em "Mobilidade por Doença" e posteriormente "Relatório Médico". Depois têm de preencher os dados solicitados, colocar no final a vossa palavra passe e imprimir o documento relativo ao relatório em causa. 

Posteriormente, e após preenchimento pelo médico , terão de fazer uma cópia digital do mesmo, para fazerem upload, aquando da segunda fase. Ficam os links para os documentos relevantes:  

a) SIGRHE 
b) Aviso de abertura 
c) Despacho n.º 9004-A/2016 


segunda-feira, 25 de março de 2019

No rescaldo da manifestação de 23 de março...


Comentário: De acordo com alguns sindicatos de professores, a adesão a esta edição da "manifestação na capital" terá rondado os 80 000, o que não deixa de ser surpreendente tendo em conta o cansaço e o desânimo geral da classe. Definitivamente, a resiliência é algo que se encontra bem enraizado na matriz de uma boa parte dos professores.

Tendo em consideração que ainda são muitos votantes que expressam de forma inequívoca o seu descontentamento, pode ser que o "cheiro" do voto faça com que outros partidos (para além do BE e do PCP) sejam mais consequentes com aquilo que os move (isto é, o poder).

O meu agradecimento a todos aqueles que estiveram na manifestação.

Concursos de professores 2019/2020 - Aperfeiçoamento das Candidaturas (Concurso Externo/Contratação Inicial/Reserva de Recrutamento)

Começou hoje a etapa do aperfeiçoamento da candidatura para os concursos externo, contratação inicial e reserva de recrutamento. Tendo em conta que é uma fase que considera 2 dias úteis (isto é, termina às 18h de 27 de março), convém não perder muito tempo.

Ficam os links relevantes:

- SIGRHE;

- Manual de instruções;

- Nota informativa


quinta-feira, 14 de março de 2019

Não sou de rancores...

...nem de ódios de estimação, mas não consigo deixar de evitar expressar o meu desconforto perante a acusação que em tempos me fizeram de que estaria a trair a classe quando decidi apoiar a ILC. 

Disseram-me na altura que a ILC iria estragar o trabalho feito nos bastidores no sentido de aprovar a recuperação faseada dos 9 anos, 4 meses e 2 dias, e que ao defendê-la era um traidor da classe. De igual modo, acrescentaram que estaria a ser inocente, pois quem dinamizou a ILC teria uma agenda obscura e que visava fragilizar os sindicatos.

Pois bem...

Mesmo sabendo que quem o disse dificilmente terá maturidade e honestidade intelectual para pedir desculpa pelas acusações que me fez (e por aquelas que remeteu a outros), quero acreditar que o facto de nunca mais me ter falado, revela o incómodo que sentirá pelo facto de todos os seus argumentos terem sido esvaziados, contrariados e desmentidos. Irei acreditar nisso, se bem que não me sirva de qualquer consolo, tendo em conta que todos perdemos, independentemente da razão estar de um lado ou de outro.

Um lamento que é difícil não partilhar...


Comentário: O Luís Braga partilhou um lamento com o qual me revejo na sua quase totalidade. 

É um lamento que acredito seja generalizável para a maioria dos professores e que, pela sua crueza, não deixará ninguém indiferente (mesmo aqueles que em conversa comigo não tiveram pudor em acusar o Luís de ter uma agenda oculta, quando deu a cara pela ILC). 

É decididamente um texto que todos deviam ler e refletir...