terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Do expectável...

Conselho Diretivo do IAVE rejeita parecer do Conselho Científico sobre prova docente 

Ministério contesta parecer do IAVE: «prova docente não é iniciativa isolada» 

Comentário: O Conselho Diretivo do IAVE rejeita, o MEC contesta... e Nuno Crato certamente discordará. E no meio de tanta convicção na necessidade de uma prova deste tipo e nestes moldes, fica uma frase retirada da 2.ª notícia, que me parece ser reflexo exemplar da insanidade ministerial:

Nota: negritos e sublinhados de minha autoria.


"A PACC não é uma iniciativa isolada, mas sim parte fundamental de um conjunto de medidas tomadas pelo Ministério da Educação e Ciência para melhorar progressivamente a qualidade da docência, que é componente central do sistema educativo. Entre outras medidas contam-se a obrigatoriedade de realização de exames de Português e de Matemática para admissão aos cursos de licenciatura de Educação Básica e o reforço curricular das condições de habilitação para a docência», defendeu a tutela, na nota enviada à TSF."

Como se fosse possível melhorar a qualidade da docência com uma prova feita a jusante da formação académica inicial! Este tipo de esclarecimentos só revelam a qualidade de quem nos governa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...