quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Reclamem...

Registo com algum desagrado que continuam a surgir na plataforma de contratação de escolas, subcritérios manhosos... Ora, a persistência neste tipo de subcritérios só pode ter uma resposta por parte dos colegas que entretanto as registem: RECLAMAÇÃO! E mais nada... 

Volto a recordar aquilo que já divulguei aqui:

Não são admissíveis subcritérios de entrevista (perguntas) ou avaliação curricular (itens) que violem os princípios da legalidade e igualdade entre os candidatos, a que a Administração está vinculada, nomeadamente: 
a) continuidade pedagógica ou lecionação no estabelecimento de ensino em anos anteriores; 
b) experiência de ensino na escola TEIP que procede à oferta de escola; 
c) experiência de ensino em determinada oferta educativa ou formativa (ex: cursos CEF, EFA e cursos profissionais, formação modulares e CNO); 
d) conhecimento da realidade socioeconómica do agrupamento; 
e) critérios de seleção em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território, religião, convicções políticas ou ideológicas, situação económica, condição social ou orientação sexual.

Agora que a IGEC se começou a mexer e a anular concursos onde foram utilizados subcritérios manhosos, não é bom cruzar os braços. Se os encontrarem, reclamem junto da IGEC.

22 comentários:

  1. Se as reclamações apenas forem movidas por inveja, não se esqueçam que depois podem morder a própria língua e provar do mesmo veneno. E mais, às vezes, o feitiço vira-se contra o feiticeiro.

    ResponderEliminar
  2. não tem aqui cabimento o factor inveja.
    todos os profissionais pertencem a uma lista graduada.

    ResponderEliminar
  3. Não se trata de inveja, mas sim de justiça.
    Agora, é óbvio que quem está a beneficiar destes "tachos" não quer que se reclame.
    Eu apelo a todos os colegas que reclamem, porque eu farei o mesmo e todos juntos somos mais fortes.

    ResponderEliminar
  4. No site das ofertas de escola, deveria haver uma opção de "denunciar" uma oferta, assim congelando o processo de contratação para esse horário enquanto o ME não averiguasse e rectificasse o problema... só assim se poderia evitar estes critérios manhosos!

    Não é mudar as fechaduras depois da casa assaltada! Não é remediando, é prevenindo que se consegue travar esta mania do Factor C em Portugal!

    ResponderEliminar
  5. Bom dia! Tendo em conta a circular, posso reclamar de uma OE, mesmo que o horário já esteja ocupado desde 14/09?
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, Ricardo,

    O Agrupamento de Escolas de Matosinhos recrutou 17/10/2012 para um horario de OE uma docente com uma graduação profissional altissima, mas da 2º prioridade!!!Ultrapassando ene de candidatos a esse horario!!! Essa candidata aparece com um numero de ordem 4mil e tal na lista do concurso nacional!! Terá sido por lapso da escola ou é mesmo intencional??? É que agora no site da escola aparece em letras destacadas- candidatos selecionados EXCLUSIVAMENTE pela graduação profissional!!
    Tenho estado toda a manhã a tentar reclamar esta irregularidade e não estou a conseguir...No site da Inspeção Geral de Educação e Ciencia acusa problemas tecnicos ao tentar enviar a reclamação; qd tento enviar para o e-mail ugmc@dgae.mec.pt a msg volta para trás e dá erro de entrega... Há mais algum endereço para alem destes que possa utilizar para fazer reclamação? Obrigada.

    ResponderEliminar
  7. Candidato a prof desempregadooutubro 19, 2012 2:03 da tarde

    Inveja...??
    Eu fiz várias reclamações e não foi por inveja (muitas delas fizeram com que os concursos fosses anulados). continuidades pedagog de colegas que lecionaram lá à dois anos ? como é possivel? A professora foi DT daquela turma no 7º ano e agora que estão no 9º vão ter a mesma professora. pergunto-me e o 8º ano não conta? será que são cursos de N. O.?
    Caro anonimo será que devo ter inveja que uma escola tenha tido a lata de colocarem uma colega que tem Hab Profissional para outro grupo e que ainda está neste momento a fazer a profissionalização em serviço para o grupo do horario que está em concurso?? Ainda existe mt gente por ser colocada no meu grupo não podem nem devem passar para os de Habl Propria só pq já trabalharam nessa escola TEIP ainda para mais esse tempo de serviço foi tal como disse noutro grupo.

    ResponderEliminar
  8. Conseguem-me explicar como é possivel um subcriterio destes: "Contributos para a concretização do projeto educativo do agrupamento no ano letivo 2012/13". Não, Não me enganei o ano lectivo é o que está a decorrer. Com esta tecnica a colega que esteve até agora lá vai conseguir permanecer na mesma escola.
    Isto está a acontecer no Agrup de Escolas Aquilino Ribeiro em Oeiras.

    ResponderEliminar
  9. Caros, tenham em atenção que toda esta questão de reclamação de ofertas e afins, sejam ou não injustas, servem para outros fins.Querem acabar com TEIPs e Autonomias para poderem fazer MEGAGRUPAMENTOS.Irá permitir mais um corte na Educação e despedimentos em docentes do quadro.Se não há lugares para estes,muito menos para contratados.Mordam a língua, sim, vão virando-se uns com os outros,e com toda esta distração o Ministério lá vai cortando.Toca a todos,nem as listas vos safam.

    ResponderEliminar
  10. Para Fatima
    Penso que nas ofertas de escola não importa se a colega está na 2º prioridade. é provavel que seja uma colega que vem do privado. mas agradeço que o Ricardo confirme.

    ResponderEliminar
  11. Mesmo depois de sair a circular, continua a aparecer destes subcritérios manhosos: "Experiência letiva em Agrupamentos de escolas TEIP" - Oferta de escola para o grupo 110-Agrupamento de Escolas de Perafita, Matosinhos.


    Que vergonha...

    ResponderEliminar
  12. Caro anónimo das 6:30

    Esse subcritério é válido. Nada a apontar. Se tem experiência em escolas TEIP (qualquer escola) faz todo o sentido que possa ser utilizado.

    Haverá TEIP's e TEIP's, mas ainda assim, diferem em vários aspetos das ditas escolas tradicionais.

    E sim, defendo a anulação de todas as CE com critérios, esses sim, vergonhosos.

    ResponderEliminar
  13. concordo....uma coisa é ter exercido em teips,outra é essas tretas que aí andam...

    foi tudo bem pensado...

    coitado do mexilhão.

    ResponderEliminar
  14. Ricardo ou outros colegas, precisava de uma opinião. Sou do grupo 620 e tenho horario completo. Concorri para uma oferta de escola de 3 horas para uma escola perto da minha. Na candidatura era indicado que era para lecionar um 7º ano. Quando me fui apresentar a escola disse que iria ter um grupo do desporto escolar e que assim não poderia acumular porque o programa do desporto escolar não o permite. Sendo assim anularam a minha candidatura e colocaram outra pessoa. Posso reclamar porque na aplicação indicava 7º ano?

    ResponderEliminar
  15. isto só vai quando rolar cabeças, MAS EM PORTUGAL, QUANTO MAIOR O CARGO, MAIOR O DANO E MENOR PROBABILIDADE DE IR PRESO, OU EVENTUALMENTE DE SER PENALIZADO.

    PORTUGAL , BANANAS´COUNTRY.
    FULL OF IDIOTS.

    ResponderEliminar
  16. Contributos para a concretização do projeto educativo do agrupamento no ano letivo 2012/13"

    fodass isto é o que eu chamo de autonomia, ponho quem cá andou e acabou.

    Aprenderam com o ministerio, cursoS que o doente tirou, mas esquecem-se da lei.

    A entidade empregadora, tem a obrigação de providenciar a formação aos docentes.

    Retransfere-se assim as responsabilidades e pune-se quem não fizer o meu trabalho.

    PAIS MISERÁVEL CHEIO DE IDIOTAS.

    ResponderEliminar
  17. "Essa candidata aparece com um numero de ordem 4mil e tal na lista do concurso nacional!! Terá sido por lapso da escola ou é mesmo intencional???"OUTSIDER, INSIDE

    VERA PEREIRA, BROCHISTA, PARA NAO FALAR DE ALGUNS FAVORES QUE FAZ OU DA FAMILIA.

    GENTE SEM MÉRITO E SEM PERSONALIDADE PRÓPRIA, UM DIA VÃO RECEBER AQUILO QUE SEMEIAM. AFINAL NA NATUREZA HUMANA, NADA SE PERDE TUDO SE TRANSFORMA.

    COMO VEEM PORTUGAL NAO TEM FUTURO. ISTO FUNCIONA ASSIM....E NAO PÁRA!!!!!

    ResponderEliminar
  18. "No site das ofertas de escola, deveria haver uma opção de "denunciar" uma oferta, assim congelando o processo de contratação para esse horário enquanto o ME não averiguasse e rectificasse o problema... só assim se poderia evitar estes critérios manhosos!"

    O PAIS PARAVA.

    ResponderEliminar
  19. Eu sou uma docente que nunca trabalhei numa TEIP, mas tenho 20 anos de serviço, e trabalhei em escolas que agora são TEIP.

    Não tenho entrada nas escolas, as docentes com 25 anos têm prioridade sobre mim.


    NÃO PERCEBO ESTA MERDA DE PORTUGAL.
    NEM MUITO MENOS O MINSITERIO DA EDUCAÇÃO.

    Os estrageiros que são todos meticulosos, quando virem um sistema destes, vão-se passar, a sorte deles é os mercados nem sonharem, com a MERDA que em Portugal anda, era a condenação certa.

    É UMA QUESTÃO DE TEMPO, ESTE PAIS VAI ARDER.

    ResponderEliminar
  20. GRAVE.

    Não proibiram o critério f)e o g)


    f) pERTENCER À FAMILA, OU SER DA FAMILIA DE UM DOCENTE DAQUELA ESCOLA.

    g) Chamar-se vera pereira.

    Em vez de dizer-se não pode ser isto , nao pode ser aquilo, nao era melhor logo apresentar o que devia ser?

    Tempo de serviço, etc, etc..

    PAIS DE merda, é o que faz meter o pessoal no mec só por cunhas.

    ResponderEliminar
  21. Protesto contra anulação de contratos na Escola Manuel da Maia

    "A EB 2, 3 Manuel da Maia, em Lisboa, esteve hoje trancada a cadeado e com uma manifestação à porta. Pais e alunos protestam contra a anulação dos contratos de 40 professores.
    A confusão instalou-se esta manhã, com os alunos a envolver-se em confrontos com a polícia. No meio da confusão, algumas crianças e adolescentes ficaram mesmo com ferimentos ligeiros por causa de bastonadas desferidas pela PSP que foi para o local.(...)

    O agrupamento Manuel da Maia é considerado um TEIP (Território Educativo de Intervenção Prioritária), ou seja, está assinalado pelo ministério como ‘problemático’, tendo também por isso maior autonomia em relação ao MEC do que as escolas que não estão dentro desta classificação." in SOL, 19 de outubro de 2012

    Chamo a atenção para a 2ª frase do 1º parágrafo. E agora? Como ficamos?

    ResponderEliminar
  22. O que parece é que tanto o ministro como os diretores das escolas com autonomia andam a gozar com a cara de todos nós...
    Como é que a DGAE emite circulares num dia proibindo os horários para OE onde foram exigidos determinados "subcritérios manhosos", nos dias que se seguem continuam a ser lançados na plataforma mais horários sem ter em conta essa mesma circular e, mais grave, é que ainda agora se continuam a observar colocações em ofertas que supostamente, segundo o Crato, irão ser anuladas!

    Alguém me consegue explicar esta palhaçada?

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...