quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Será que...

... os diretores das escolas e agrupamentos que usaram e abusaram dos subcritérios manhosos vão ver o problema arquivado? Terá sido sem intenção? Será que vão existir consequências para o grupo de pessoas que aprovaram os subcritérios manhosos? Ficarão as consequências reservadas aos colegas que entretanto ficaram colocados e viram o concurso anulado?

Era realmente importante que destas anulações decorressem consequências legais ou pecuniárias para quem cometeu ilegalidades nos concursos de contratação de escola de forma consciente e repetida.

16 comentários:

  1. Era muito bom que tudo isto se resolvesse e o mais rapidamente possível... É que a crise passa também por estas incongruências que se acumulam desde há uns anos (as ofertas de escola sempre foram um "tacho").
    Dignifiquem a nossa profissão...

    ResponderEliminar
  2. Mas a selecção dos candidatos não é feita por um Júri?

    Teriam de processar todos os elementos...

    ResponderEliminar
  3. Antes da seleção vem a indicação dos subcritérios... Os problemas começam nos critérios, Alexandre.

    ResponderEliminar
  4. Seria importante que houvesse punições até porque os critérios manhosos continuam a existir. O melhor era mesmo acabar com as ofertas de escola.

    ResponderEliminar
  5. Para luisa: Essa fase foi ultrapassada quando vários sindicatos assinaram o acordo que conduziu ao atual normativo legal dos concursos.

    ResponderEliminar
  6. se os directores respeitaram o decidido em pedagógico e foi tudo validado,mesmo ultrapassando a lei não, eles não são os unicos culpados.

    será que os directores respeitaram sempre o decidido em pedagogico ou cada um usou a autonomia como lhe deu geito...

    isto deve ser esclarecido...há muita gente beneficiado,mas muitos prejudicados.

    as oe são a 2ª versao das reconduçoes...têm saido bem,abusaram.

    ResponderEliminar
  7. Esta não é a melhor forma de proceder à contratação de professores (é verdade). Mas, qualquer professor (até contra mim falo porque estou sem colocação) que recebe este "convite" é claro que não vira as costas(pois a necessidades são muitas). Agora, o diretor que faz este convite deveria ser castigado severamente, porque tem conhecimento das necessidades que existem para todos nós, sabe que ao fazer esse convite vai ser aceite por um "desgraçado" que necessita.

    A culpa não é de quem aceita mas daquele que ofereçe essse é vil e indigno pelo lugar que ocupa, deveria ser punido severamente de forma a servir de exemplo a que tem vontade de repetir a ação.

    ResponderEliminar
  8. Como é que pode ter sido sem intenção, se muitos foram, durante o processo alertados para o facto, mesmo assim insistiram. O que eu mais lamento é haver colegas que defendem esse compadrio e ainda se insurgem contra uma lista graduada. É tão triste...

    ResponderEliminar
  9. Claro esses estão a beneficiar do "tacho".
    Senão fosse os arranjos, esses colegas estariam em casa, mas assim estão à frente de quem devia estar a trabalhar.

    ResponderEliminar
  10. Vamos lá ver se nos entendemos !

    As direções se colocaram esses subcritérios é porque ambas as partes queriam o mesmo ! A direção manter o mesmo docente, e o docente continuar com o lugar assegurado !

    Alguém no seu perfeito juízo pode alegar que as direções são as únicas culpadas?

    Mais ! Muitos dos subcritérios (senão a maioria) são estudados bem antes das CE acontecerem!

    Toda a gente sabe isso!

    Querer passar a imagem de que o "sistema" está errado, e que apenas as direções deviam punidas e os candidatos imaculados num altar porque foram enganados, é um insulto à inteligência de quem sabe como tudo funciona.

    Fosse isto um país à séria, todos os docentes em situação de colocação fraudulenta seriam penalizados. Aqui, nesta pré colónia africana, ainda são premiados com a contagem do tempo de serviço.

    Rigor? Justiça? O TANAS !

    ResponderEliminar
  11. tão ladrão é o que vai á horta como o que fica á porta....


    mas,o principal responsavel é o MEC QUE CONSENTIU ESTA BANDALHEIRA.


    Todos estes aborrecimentos e outros se evitavam se respeitassem a lista graduada.


    estas benesses enraizaram-se de muitas formas e agora....como recuar?

    ResponderEliminar
  12. E às DRE's que validam os concursos com os critérios "manhosos" tb n lhes acontece nada? Porque é que a culpa é exclusiva dos directores?

    ResponderEliminar
  13. Protesto contra anulação de contratos na Escola Manuel da Maia

    "A EB 2, 3 Manuel da Maia, em Lisboa, esteve hoje trancada a cadeado e com uma manifestação à porta. Pais e alunos protestam contra a anulação dos contratos de 40 professores.
    A confusão instalou-se esta manhã, com os alunos a envolver-se em confrontos com a polícia. No meio da confusão, algumas crianças e adolescentes ficaram mesmo com ferimentos ligeiros por causa de bastonadas desferidas pela PSP que foi para o local.(...)

    O agrupamento Manuel da Maia é considerado um TEIP (Território Educativo de Intervenção Prioritária), ou seja, está assinalado pelo ministério como ‘problemático’, tendo também por isso maior autonomia em relação ao MEC do que as escolas que não estão dentro desta classificação." in SOL, 19 de outubro de 2012

    Chamo a atenção para a 2ª frase do 1º parágrafo. E agora? Como ficamos?

    ResponderEliminar
  14. PORTUAL uma pre colónia africana, nem mais.

    Como sempre a culpa nao é de ninguem, o MEC não serve para nada é só para tachos, e as escolas andam ao abanadalhamento, mais conhecido como autonomia para fazerem a merda que quiserem.

    Umas despedem todos , outras não despedem ninguem reencaminham, outras despedem e voltam a meter os filhos das conhecidas,
    e por ai a fora.

    É UMA ALEGRIA, E NO MEC ESTÃO MAIS PREOCUPADOS COM A BICA E AS 5 HORAS DA TARDE.

    ResponderEliminar
  15. A EB 2, 3 Manuel da Maia, em Lisboa, esteve hoje trancada a cadeado e com uma manifestação à porta. Pais e alunos protestam contra a anulação dos contratos de 40 professores.LOL

    O minsiterio so faz merda, isto acontece porque as coisas nao sao feitas com pes e cabeça deste o inicio.

    Fazem, depois arrependem-se, depois volta a refazer, e o tempo a passar.

    Um país de merda.

    ResponderEliminar
  16. respeitaram sempre o decidido em pedagogico ou cada um usou a autonomia como lhe deu geito

    ÓBVIAMENTE QUE AINDA NAO SE APERCEBEU QUE OS JEITINHOS É CARACTERISTICA DO SEU POVO MISERÁVEL.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...