terça-feira, 18 de setembro de 2012

"Nenhum professor com ausência de componente lectiva [ou seja, sem dar aulas] entrará em mobilidade especial".

Professores sem aulas fora da mobilidade especial 

Comentário: A afirmação que coloquei como título do post terá partido do secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar, João Casanova de Almeida. Espero um dia não ter de fazer um link para este post, por motivos menos agradáveis...

No entanto, e como sabemos que a política é um fenómeno dinâmico nada nos garante que se consiga encontrar uma justificação para justificar uma eventual mobilidade especial e, obviamente, uma ou duas alternativas à mesma.

Lá teremos de aguardar pelo fim das "negociações" relativas à vinculação extraordinária (entre outros tópicos de "troca" sindical), para destaparmos mais qualquer coisita.

8 comentários:


  1. O que pensa disto ?


    •Despacho n.º 11803/2012. D.R. n.º 171, Série II de 2012-09-04


    Ministério da Educação e Ciência - Direção-Geral da Administração Escolar



    Lista nominativa do pessoal docente dos estabelecimentos de educação e ensino públicos do Ministério da Educação e Ciência, que optou voluntariamente pela colocação em mobilidade especial


    www.assistente-tecnico.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. este secretário de estado foi intelectualmente desonesto quando afirmou anteontem que "o ministério apenas estava a contratar os professores necessários e que o que está a acontecer hoje deveria ter acontecido ontem..."
    ora, o que ele não disse que a contratação de milhares de professores a menos se deve a um conjunto de medidas publicadas em normativos legais nos últimos meses com o único objetivo de reduzir o orçamento do ministério.
    outra coisa não seria de esperar de alguém com o percurso deste sr.

    ResponderEliminar
  3. Até pode ser verdade, mas é preciso não confundir mobilidade especial com mobilidade geográfica, e essa parece que vai mesmo "apanhar" os professores. Infelizmente, como estou em casa, não me vai afetar, mas para quem ficou com horários 0 é o que os espera.

    ResponderEliminar
  4. A confirmarem-se as declarações do secretário de Estado, há muita gente que vai ter de engolir um sapo e admitir que errou ao dizer que o Ministro tinha mentido.
    Mas, cá para mim vão-se calar e vão avançar para outra crítica. Agora, deixam de falar na mobilidade especial e começam a queixar-se da mobilidade geográfica...

    ResponderEliminar
  5. O mInistro está sempre a mentir e o povo sabe disso, a realidade mostra-o.

    Mas também parece que ele não é o únco, ou temos mais mentirosos por aqui, ou então é um problema de atraso, nem diários da républica sabem ler, ei sei que é dificil, AQUILO TEM DUAS COLUNAS, ou então é dificil compreender o diário da república. Entende-se, a cultura do povo e baixa escolaridade não permite ver veras pereiras onde se lê , nomeio... país sem futuro.

    ehehehehe

    Ai no ministério está-se bem....imbecis e vigaristas de gravata.
    Gente sem escrúpulos, vagabundos e vigaristas, premeiam o chico espertismo e o esperto-parvo em Portugal.

    ENGOLEM MUITA COISA E DEVE SER GROSSA, SENÃO NÃO ESTAVAM LÁ.

    ResponderEliminar
  6. MOBILIDADE. MENTE QUE EU GOSTO.

    A mobilidade especial dos professores está realçada nas grandes opçôes do plano (sabe o que é isso? Não sabe), pretende-se assim reduzir o ordenado dos professores contidos nesta lista (ao estilo lista de schindler) para níveis pouco humanos e incomportáeis, afim de mndar mais uns quantos para o desemprego.


    Não esperem milagres, o plano de destruição está traçado, a não ser que se arrependam de tudo ou não consigam acabar a legislatura.mas mesmo assim as veras pereiras la´continuam, e para que o tacho se mantenha é preciso POUPAR nos animaios do professores.


    Isto de odiar professores, deve ser qualquer espécie de frustação e já deve vir de Criança. Compreendo que socrates, vara e afins não gostem deles, mandam ESTUDAR, NÃO TEMOS CABEÇA PARA ISSO, , fodsss....

    PAÍS MISERÁVEL.

    ResponderEliminar
  7. A imagem devia ter uma legenda.

    Professores portugueses, seguem o caminho dos seus colegas indianos.

    Casa às costas, colocações atrapalhadas e em cima do joelho, porque os encarregados de educação agora chatearam-se de vez.

    ResponderEliminar
  8. Tenho a certeza de que os professores com horário zero entrarão em mobilidade especial no próximo ano, ou serão obrigados a aceitar umarescisao pouco amigável.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...