segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Confusão no concurso DACL.

Estes últimos dias têm sido férteis em questões relativas ao concurso DACL. Têm ocorrido algumas confusões, no entanto, a maioria delas advém da falta de legislação. O que a seguir vou colocar resulta da leitura de posts de diversos blogues e do fórum do Educare. Todas as questões (e respectivas respostas), são relativas ao concurso DACL. À medida que for arranjando esclarecimentos sobre determinados temas, irei actualizar este post. Volto a reforçar que o que a seguir vão ler, são opiniões e não resultado de legislação (que nestes casos se encontra omissa).

1 - É necessário entregar algum documento comprovativo de candidatura a DACL na secretaria da minha escola /a grupamento?

Não, se já concorreram ao concurso interno. Embora essa informação conste no Manual de Instruções (página 6, ponto 5), não é necessária a entrega de qualquer documento, para quem já concorreu na 1.ª fase. Julgo que esta informação será apenas dirigida ao QE/QA, que entretanto ficaram sem componente lectiva e que não concorreram na 1.ª fase. Diga-se de passagem que esta informação (a do manual) carece de rigor, algo a que a DGRHE já nos habituou.

2 - Posso ficar num horário, com componente lectiva inferior àquela que indiquei na aplicação da candidatura?

Segundo muitos colegas, à partida tal não deverá ocorrer. Os colegas que colocam componente lectiva de 22h, apenas deverão ficar com horários completos. Apenas para dar mais um exemplo: Um colega que coloque componente lectiva de 18h, poderá ficar em horários com 18 ou mais horas, mas não num horário com 17 horas. Aparentemente, isto é o que tem acontecido em anos anteriores. Se tal vai ocorrer este ano, é uma incógnita.

No entanto, se assim for, alguns dos colegas que concorrem a DACL, DCE e DAR, irão ficar sem horário (nesta 2.ª fase), enquanto os colegas contratados irão obter bons horários (não completos, obviamente - pelo menos, de início). Suspeito assim, que o ME não deixe passar isto em branco, ou seja, remeter professores dos quadros apenas para horários completos e contratando outros para horários incompletos. Se o ME, puder colocar professores dos quadros a ocupar horários completos e a maioria dos incompletos, fá-lo-á sem hesitar. No entanto, creio que está será uma daqueles decisões, que o ME irá ser tomar o mais tarde possível... Devem estar à espera de ver o que acontece em termos de horários e de outros «factores».

3 - Como serão colocados os colegas em DACL?

Têm ocorrido algumas discrepâncias de opinião. A opinião que recolhe mais adeptos é: A colocação será feita de acordo com as preferências manifestadas. Se não existirem horários disponíveis (de acordo com a componente lectiva), o concurso seguirá para o QZP de origem (independentemente de o terem colocado - ou não - nas preferências) e só depois o(s) QZP(s) do anexo VII manifestado(s) - se tiverem colocado algum. Para além desta indicação recolher um grande número de adeptos, disseram-me que pelo menos um sindicato (ASPL) refere esta mesma indicação num comunicado interno.

Nota: Recordo que a colocação no QZP de origem e/ou no QZP(s) seleccionados do Anexo VII deverá ser feito por ordem crescente dos códigos dos estabelecimentos relativos a esse QZP.

Esta é a questão que considero mais relevante para efeitos de concurso, no entanto, ainda não encontrei ninguém com certezas absolutas. Nada é referido sobre a colocação em escolas do QZP de origem nesta fase (não estamos a falar de afectação), como tal, torna-se um pouco dúbia esta interpretação.

Como o meu QZP de origem não fica muito distante de Vila Real, irei ordenar as escolas do meu QZP (bem no final das minhas preferências), para salvaguardar qualquer eventualidade em termos de mecanismo de colocação. Mas isso sou eu. Cada um faz o que quiser... No entanto, prefiro ser eu a ordenar as escolas do meu QZP de origem que ser a DGRHE a fazê-lo de forma «arbitrária» ou «crescente».

4 - Manifesto ou não preferências para um dos QZP´s do anexo VII, do Aviso de Abertura?

Quantas mensagens de correio electrónico, eu já recebi com esta questão... Não posso dar grandes respostas. As consequências da não manifestação de preferências por um (ou mais) dos QZP´s do anexo VII, estão bem definidas a curto e médio prazo: integram a lista nominativa, são remunerados e colocados administrativamente pela DGRHE, a desempenhar funções docentes, lectivas ou não lectivas no âmbito do quadro de zona pedagógica a que pertencem. E consequências a longo prazo? Bem... Dependem de vários factores. O principal? O próximo governo. Não sabemos o que vai acontecer, pois não? Ainda não sabemos qual a «linha governativa», em termos de contenção orçamental, redução de pessoal na função pública e orientação educativa... No entanto, o pior que poderá acontecer é entrarem em «supranumerários», e depois... e depois poderá ser extremamente complicado. A decisão é puramente individual e deverá ser tomada em consciência. Vejam até onde estão dispostos a arriscar. No meu caso, e nesta situação em particular, não irei arriscar.

38 comentários:

  1. E arriscar quadros do anexo VII?
    O que pensas?
    Ana

    ResponderEliminar
  2. Sou QZP 01 e só vou concorrer a este, pois penso que vão muitos horários a concurso. O problema reside no modo como as colocações vão ser feitas ( a minha componente lectiva é de 20h e escola onde estou mandou 14h a concurso).Pelo que entendi, seremos colocados num horário que corresponda à componente lectiva e só na falta deste em horários diferentes. isto quer dizer que colegas menos graduados podem ficar melhor em termos de colocação!
    Será que percebi bem?

    ResponderEliminar
  3. sou a 1ª do QZP 01, se colocar outro QZP e não aparecer nenhum horário com 20h no meu QZP vou parar ao outro?
    É isto que me está a parecer! As coisas deviam ser mais claras ...

    ResponderEliminar
  4. Em 2006 fui colocada (afectação) de acordo com as minhas preferências.

    ResponderEliminar
  5. Pois é Ricardo, pelo que li do comunicado da ASPL as colocações são sequênciais, mas no mesmo tempo.

    - a aplicação informática percorre em primeiro lugar as preferências manifestadas aquando da 1º momento;

    - caso o docente não obtenha aí colocação, a aplicação percorre todas as escolas do QZP a que o docente pertence, segundo a ordem crescente dos códigos das suas escolas; este procedimento tem lugar mesmo que o docente não manifeste alguma preferência para o QZP a que pertence;

    - caso persista a não colocação do docente, a aplicação percorre o(s) QZP(s) assinalado(s) na 2º
    momento (“Sim”), respeitando a ordem indicada no caso de ter assinalado mais que um QZP, mas, dentro de cada QZP, segundo a ordem crescente dos códigos das seus estabelecimentos.

    Isto assim, vai dar mesmo muitas INJUSTIÇAS.

    ResponderEliminar
  6. O CAT informou que não pode dar informações em relação às preferências horárias (se somos colocados na componente lectiva definida pelo 77 e 79 ou segundo as nossas preferências de escola) o que me leva a supor que, depois das colocações de setembro, seremos colocados em todos os horários que possam aparecer.

    ResponderEliminar
  7. Não concordo que no concurso de há três anos fosse só pelas preferências. A escola que era a minha 1ª opção tinha um horário de 19 horas e a minha 20ª opção tinha um de 22h. Como primeiro so colcaram em horários completos eu fui parar à minha 20ª opção e na 1.ª opção ficou um QZP menos graduado do que eu. Uma injustiça! que acho que se vai repetir este ano! ou estarei enganada?

    ResponderEliminar
  8. Olá Ricardo,

    Obrigada pela tua opinião que me serviu de resposta ao que também eu te solicitei...no entanto penso teres a tua decisão um pouco facilitada pois se é Vila Real que pretendes e tens precisamente esse código no anexo VII para opção não custa....agora a situação altera-se e MUITO quando as nossas únicas opções são muito poucas(certos grupos têm mais de 10 QZPs para escolha e eu de 3 nem um se aproveita) e precisamente nos QZPs que nunca concorri e que não quero de forma alguma....EU pessoalmente NÃO vou arriscar pois não consigo...se tiver que ir pra lista pelo menos poderei concorrer anualmente e as prespectivas depois serão diferentes...No entanto se no meu QZP nunca houve problemas nestes 3 anos passados e todos os QZPs mesmo os administrativos sempre tiveram componente lectiva....só em 2006 aguardaram 1 mês e pouco, depois nenhum problema....penso ser dificil não colocar....QUE DEUS me AJUDE!!
    Obrigada boa sorte a TODOS

    ResponderEliminar
  9. arlindovsky,

    As colocações sempre foram feitas dessa forma (com outras denominações).

    ResponderEliminar
  10. O grupo 550 por exemplo de um leque de 23 QZPs tem 18 no anexo à escolha...o meu grupo 100 tem somente 3 e nenhum deles com o menor número de colegas QZP por colocar...continuam a BRINCAR com a nossa classe e a VALORIZAR as injustiças...por isto também NÃO vou concorrer pelo medo que nos querem impor...nada em lado nenhum legisla o que vai acontecer de pior a quem inserir a lista...
    É sempre um concurso no escuro...como aliás tem sido habitual...desculpem a minha indignação mas a minha família continuará em primeiro lugar...
    FIQUEM BEM!!!

    ResponderEliminar
  11. nos dois ultimos anos para as colocaçoes no final de agosto só contam horarios completos. parece-me que vai ser esse o mecanismo. posteriormente vao todos os imcompletos. A legislaçao nao diz nada.

    ResponderEliminar
  12. nos dois ultimos anos para as colocaçoes no final de agosto só contam horarios completos. parece-me que vai ser esse o mecanismo. posteriormente vao todos os imcompletos. A legislaçao nao diz nada.

    ResponderEliminar
  13. nos dois ultimos anos para as colocaçoes no final de agosto só contam horarios completos. parece-me que vai ser esse o mecanismo. posteriormente vao todos os imcompletos. A legislaçao nao diz nada.

    ResponderEliminar
  14. Não concordo nada com as posições do colega Arlindvosky. O concurso assim é muito mais justo. Li as suas posições e só servem para confundir os colegas. Há 173 opções no primeiro quadro. Onde reside a injustiça. Sinceramente!!!

    ResponderEliminar
  15. A injustiça reside no facto de o colega poder ser colocado em Setembro num horário bem mais longe de sua casa do que um qzp do seu grupo que esteja depois de si.
    Leia com mais atenção os posts do Arlindo e verá.
    LM

    ResponderEliminar
  16. isso ja acontecia antes e de uma forma pior. Não pode haver um concurso a medida dos quase doze mil qzp por colocar. vai haver sempre descontentes

    ResponderEliminar
  17. isso ja acontecia antes e de uma forma pior. Não pode haver um concurso a medida dos quase doze mil qzp por colocar. vai haver sempre descontentes

    ResponderEliminar
  18. Sim. mas qualquer pessoa tem direito a um horário para o qual manifestou preferência. Mesmo que seja incompleto. Compete, naturalmente, à escola completar o horário do professor. E nós todos sabemos que há sempre trabalho por atribuir. Além disso o concurso é quadrianual (presume-se) mas o concurso é baseado numa determinada conjuntura que é a do ano lectivo 2009/2010 e as necessidades respectivas, simplesmente, a esse ano. Horários só completos quando os que estão abaixo apanham os incompletos e, talvez, os mais desejados é mais do que injustiça.É a completa subversão da lista de graduação e da moral, diria...

    ResponderEliminar
  19. Olá alguém me pode ajudar. sou do QZP 13 e eu pensava que só podia concorrer a este QZP e a outro dos indicados no Anexo VII. mas uma colega disse que posso manifestar preferencia por agrupamentos dos 23 QZP.

    ResponderEliminar
  20. 6:37pm
    LÊ a legislação, avisos de abertura e posts deste colega.
    Podes manifestar preferencias como quiseres.
    LM

    ResponderEliminar
  21. Para Educadora Salete: Como escreveste (e bem), tenho a minha decisão facilitada. No entanto, posso assegurar-te que a tomaria na eventualidade de me encontrar em outra situação. A «vida» de professor anda demasiado complicada, para que nos possamos «pôr a jeito» para eventuais situações complicadas a longo prazo. Mas é como dizes, temos de tomar decisões, e por vezes, aquilo que aparenta ser bom poderá ser mau. Podes estar a tomar a decisão correcta. Espero sinceramente que sim...

    Para além disso, e por aquilo que escreveste, relativamente ao teu QZP, não me parece que venhas a precisar do tal anexo VII.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  22. Parece-me que há aqui algo de muito estranho nesta libertinagem da manifestação de preferências. Vamos supor que uma pessoa A fica numa escola que manifestou nas preferências, e a qual pertence a um QZP que não consta do Anexo VII.
    Se uma pessoa B que até queria ficar nessa escola, mas está numa graduação inferior, perante a omissão do Art 43 Nº1 mas de acordo com o enunciado no º 4, não poderá pedir recurso hierárquico e ganhá-lo com facilidade? É que está escrito "ainda por um outro QZP", ou seja, infere-se legalmente que será um outro extra, para além do próprio. E que nas preferência manifestadas, só possam ser incluidos códigos do próprio QZP. Mesmo que isto esteja omitido, legalmente prevalece o pouco que está escrito...

    ResponderEliminar
  23. Gostava de saber quais os critérios usados pelos directores das escolas para "escolherem" os professores a concorrerem a DACL.

    Graduação? Escalão? Tempo de serviço? Tempo de serviço na escola em causa?

    Ou sem critério e escolhe quem lhe apetecer?

    Oelc.

    ResponderEliminar
  24. Ricardo,

    devias arranjar forma de limitar o acesso ao blog da tua página. Tenho reparado que alguém acede ao teu blog fazendo-se passar por professor. Usa os nomes dos colegas e usa vocabulário de fraquíssima qualidade. Pelos erros ortográficos (destingir, por exemplo)dá para ver que estamos a falar de alguém pouco letrado. Pior, pelo conteúdo deprimente dos seus comentários, é muito mal formado. Não sei como acedeu ao teu blog, pensaria que alguém desse género procuraria outros sítios na internet para passar o seu tempo.
    Tenta controlar o acesso.
    Talvez obrigar a um registo e identificação.
    O blog é muito útil. Seria uma pena deixar de ser usado por falta de confiança n oque lá se escreve e lê.
    Se quiseres confirmar o que digo, lê o registo de conversas realizadas ontem por volta da 1 da manhã.
    Uma vergonha.

    ResponderEliminar
  25. Oelc: creio que não há critério objectivo, ou seja, não é necessariamente o tempo de serviço, graduação... É uma decisão do Director, baseada num critério pessoal (acho eu).

    ResponderEliminar
  26. Ricardo, Nota informativa para escolas sobre o levantamento de horários para as necessidades transitórias... parece que sempre vão exixtir horarios completos e imcompletos já nesta fase

    http://www.dgrhe.min-edu.pt/Portal/WebForms/Escolas/Recrutamento_c2009.aspx

    ResponderEliminar
  27. *existir
    *incompletos
    :-D

    ResponderEliminar
  28. Para quem considera esta a forma mais justa para a colocação dos DACL nas necessidades transitórias, vou deixar o seguinte exemplo:
    No primeiro ciclo, cerca de 400 docentes estão por colocar do QZP de Bragança. A maior parte deles concorre com uma graduação superior a 30 valores. alguns atingem os 40. Se por receio todos eles optarem por colocar o QZP do anexo (por exemplo o do Porto) e caso não existam lugares nas necessidades transitórias, vamos ter uma arrastão de todos os professores para o QZP do anexo que colocaram.
    Prevejo que cerca de 50% dos docentes possam ficar colocados no QZP do anexo com esta forma de colocação.
    A minha sugestão permitiria que perto de 80% ficassem nas escolas das suas preferências, ao contrario deste que irá remeter a maioria para longe da sua residência.
    A ver vamos no mês de Setembro quando sairem as colocações.
    Arlindovsky

    ResponderEliminar
  29. Está enganado no primeiro ciclo de Bragança são 200. 4oo sao os elementos por colocar em Bragança de todos os grupos. E ninguém ou quase ninguem vai sair. conheço bem essa realidade e tenho informaçao que os 200 do primeiro ciclo vao aguardar colocaçao ate dezembro. podem confirmar nas listas de nao colocados. 200 no primeiro ciclo do básico mas nao se preocupem que esses estao lá de pedra e cal. a maior parte de bragança sao do basico e 70 ou 80 educadores. as pessoas sao umas exageradas, ainda agora, para o dobro.

    ResponderEliminar
  30. e o qzp do primeiro ciclo nao é o 13 mas o 21 entre Douro e Vouga. O haver tanta gente em Bragança Só prova a má gestão dos recursos humanos num qzp do interior quase sem crianças. mas descansem que esses não vão sair. vejo por esta realidade que conheço tão bem a especulaçao que existe. Enfim !!!

    ResponderEliminar
  31. Nem os qzp de vila raeal estao preocupados com os de Bragançao. Por favor confirmem nas listas de nao colocados sao 200. e confirmem o qzp do anexo o 21. confirmem por favor e tirem as vossas conclusões acerca das enormes especulaçoes e ruido.

    ResponderEliminar
  32. Nem os qzp de vila raeal estao preocupados com os de Bragançao. Por favor confirmem nas listas de nao colocados sao 200. e confirmem o qzp do anexo o 21. confirmem por favor e tirem as vossas conclusões acerca das enormes especulaçoes e ruido.

    ResponderEliminar
  33. Acrescento que no concurso interno ninguem em Bragança do primeiro ciclo concorreu fora do qzp. podiam ir até vila real o mais próximo mas não quiseram. Por favor confirmem com as listas para ficarem sossegados.como conheço muito bem esta realidade tive de dar esta informaçao para sossego dos colegas. e informar que o qzp do anexo é o 21

    ResponderEliminar
  34. é o 21??????
    Olha vê o aviso de abertura
    é o 13, o 16, o 21, o 10 e o 23.
    Qual é o mais apetecível?
    Os 200 do primeiro ciclo vão aguardar colocação até Dezembro?
    Ou nenhum colocou o anexo, ou então vai-se fazer a justiça que eu indiquei na colocação dos DACL.
    Arlindovsky

    ResponderEliminar
  35. Eu bem sei das pressões que existem por Bragança para o desdobramento de turmas. Até sei das pressões que a Câmara Municipal tem vindo a fazer sobre a possível saída destes docentes para longe da sua terra.
    Acho muito bem que não se aceite com esta facilidade toda a forma como a DGRHE se prepara para fazer estas colocações absurdas.
    Arlindovsky

    ResponderEliminar
  36. colegas gostava de saber se conseguem aceder ao concurso DACL 2010 e qual é o melhor caminho para aceder a ele, já que o site do DGRHE não tem nada de novo desde o dia 04 de Agosto de 2010.

    chamo me fernando santos e sou QZP o meu mail é fernandel1@sapo.pt

    obrigado e parabéns pelo espaço de diálogo entre gente que se depara com a vida real do ensino obrigatório... mas só para os professores.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...