terça-feira, 14 de março de 2017

Da expectável sobreposição de procedimentos...

Terminou na passada sexta-feira (10 de março) o prazo dado às escolas para introduzirem dados que me parecem redundantes e que resultam da ineficácia (ou inexistência) de dados nas diversas plataformas que o Ministério da Educação terá (ou deveria ter) à sua disposição.

Assim, e sabendo que as escolas estavam com sérias dificuldades para cumprir tão apertado intervalo de tempo (aproximadamente uma semana), não deixo de considerar engraçada a mensagem de correio eletrónico enviado às escolas pela Diretora-Geral da Administração Escolar, e cujo conteúdo furtei do blogue do Assistente Técnico:

"Exmo.(a) Senhor(a) Diretor(a) Presidente da CAP, 

Tendo sido disponibilizado para preenchimento nos últimos dias a aplicação de Recenseamento de Docentes, que visa o levantamento de informação pessoal e profissional relativa a todos os docentes que se encontram providos no Agrupamento de Escolas / Escola não Agrupada, e de todos aqueles que, à data da sua disponibilização, nele se encontrem a exercer funções (docentes providos noutro AE/ENA, docentes providos em QZP ou docentes contratados), cumpre esclarecer que a aplicação de Apuramento de Vagas (Concurso Interno / Externo), que será disponibilizada na sequência desta, terá já pré-carregados os dados que agora estão a ser introduzidos. Perante esta ligação entre processos, a aplicação Recenseamento de Docentes irá estar disponível também enquanto durar o apuramento de vagas, podendo nessa altura ainda ser introduzidos / anulados registos de docentes. 

Com os melhores cumprimentos,
A Diretora-Geral da Administração Escolar"

Assim, faz-se o anúncio da segunda etapa - a do apuramento de vagas - sem que a fase que a antecede esteja dada por concluída. É uma forma pouco elegante de admitir um erro, e simultaneamente sobrecarregar as já se si sobrecarregadas direções dos agrupamentos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...