quinta-feira, 16 de junho de 2016

E não será certamente caso único...


Comentário: Como já tive oportunidade de explicar, esta situação dos financiamentos redundantes constitui uma oportunidade de ouro para o despedimento de uns (com alguns anos de "casa" e remunerações mais elevadas) e contratação de outros (novos ou "recauchutados", mas com remunerações mais reduzidas) quando um novo Governo suceder a este ou numa outra situação onde as redundâncias sejam de novo fomentadas. Este é um dos motivos pelos quais não consigo atacar de forma desenfreada quem trabalha nas escolas privadas com contratos de associação, pois são eles quem realmente vai sofrer com estes cortes. 

E sim, também temos este tipo de sofrimento na escola pública, mas apenas tento dar mais relevância a um ponto de vista que me faça compreender de forma mais racional, certas intervenções, argumentos e desabafos desesperados dos nossos colegas "amarelos", que de outra forma classificaria como delirantes. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...