quinta-feira, 19 de maio de 2016

A próxima fase da contestação privada...


Comentário: Sim... Já perceberam que a fase que se segue às manifestações com alunos, às tentativas de confundir o que consta na Lei de Bases, e à difamação do Ministro da Educação, é mesmo o recurso às providências cautelares. E com a metodologia utilizada (a tal "cadência diária"),  as escolas privadas com contrato de associação pretendem "permitir que os Pais e Encarregados de Educação continuem a proceder às matrículas e renovações de matrículas nas suas Escolas com Contrato de Associação".

Tudo muito bonito, mas não será linear para para muitos dos Encarregados de Educação que não creio quererem correr o risco de verem os seus educandos embrulhados em problemas legais quando iniciar um novo letivo. Obviamente que o ensino de qualidade (com as promessas de excelentes classificações internas e inexistência de alunos problemáticos, por exemplo) poderá ser um forte chamariz, mas poderá não ser suficiente.

2 comentários:

  1. Quando o desespero é grande, a razão é nula, o pudor não existe, a ética é matéria ausente ... vale tudo. http://www.rtp.pt/noticias/politica/direita-acusa-governo-de-favorecer-a-escola-publica_a920000

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É caso para dizer: "Com estas modernices, qualquer dia ainda os apanho a fumar!"

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...