terça-feira, 15 de dezembro de 2015

As provas de aferição estão de regresso...

 
Comentário: Há pouco mais de uma semana já se ouvia falar nesta possibilidade (por exemplo, aqui), mas parece que agora temos a confirmação... Retira-se assim a componente de influência na avaliação dos alunos, mantendo-se a possibilidade de análise da quantidade (grau de cumprimento) e qualidade (se é que isso é possível em exames) das aprendizagens dos alunos.

No essencial, e na melhor tradição da influência política no sistema educativo português, voltamos a "experimentar" algo que já foi utilizado, mas entretanto abandonado por mudança de partido político no "poleiro".

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...