segunda-feira, 8 de junho de 2015

Mais do que uma mera questão de gestão

“As escolas deviam ter maior papel na gestão dos seus professores”

Comentário: A linha de pensamento de Nuno Crato baseada em "mais autonomia, mais concorrência entre modelos diferentes de escola pública" deixa-me preocupado, nomeadamente no que concerne a "mais autonomia na contratação de professores e na gestão orçamental". Na entrevista do atual ministro da educação ao "Económico" fica bem clara a apologia da partidarização da escola pública, bem na linha delineada pelo "seu" partido.

Poucos terão dúvidas que a partidarização da educação significará um acréscimo de "cunhas" e influências locais. Os atuais (e futuros) gestores da escola pública não estão preparados para a verdadeira autonomia... E mesmo quem pense estar, irá constatar que a "teia" política é bastante complicada de romper.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...