quinta-feira, 28 de maio de 2015

Conheço alguns...

“Os miúdos aprendem que a pessoa mais agressiva é quem tem mais poder”

Comentário: Fica a frase desta entrevista a Sheri Bauman, psicóloga norte americana especialista em bullying, que justificou o título deste post:

"Lamenta que ainda hoje haja docentes que recebem denúncias de alunos com respostas como “não sejas queixinhas”."

É uma verdade com que já me deparei e sei que existe em algumas das nossas escolas. E se tem sido atenuada, é porque os recentes casos divulgados nos meios de comunicação social, fazem com que este tipo de reação seja atenuado. 

Motivos para tal? Eventualmente vários, mas acredito que tal como menorizam pedidos de ajuda quando passam por alguma agressão entre alunos nos corredores das escolas olhem para o lado contrário e ignorem. E sim, ao tentarmos ajudar podemos acabar por também "apanhar", mas ainda não fui suficientemente maltratado para conseguir justificar a minha passividade. Eu sei... Tenho um problema.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...