segunda-feira, 1 de setembro de 2014

E as listas?

Bem sei que passará pela cabeça de alguns que este atraso na publicitação das listas poderá estar relacionado com a "aceitação" do acordo de rescisão por parte dos colegas que o solicitaram... E com a consequente libertação desses horários para serem considerados nas colocações que se avizinham.

Bem... Se olharmos para um calendário, os 8 dias úteis que estes colegas têm para aceitar o acordo terminariam no dia 10 (4.ª feira) de setembro, ou seja, um dia antes do primeiro possível para iniciar o novo ano letivo. Deste modo, embora possa constituir uma teoria a considerar, não acredito (leiam também o que escrevi aqui) que o MEC disponibilize já esses horários, pois certamente considera mais vantajoso (economicamente) atribuir esses horários a colegas contratados (eventualmente numa 2.ª reserva de recrutamento) que ao contrário dos colegas dos quadros, ganham "à hora". Para além disso, se realmente os quisessem considerar, então é que tudo estaria atrasado, e mais do que isso, complicado de camuflar sob o suposto ambiente de normalidade.

Obviamente que posso estar errado e as listas de colocação "verem a luz do dia virtual" na próxima semana, no entanto, fica a questão:

Poderemos então ter listas de colocação ainda esta semana?

Perfeitamente... 

E para a nossa sanidade mental, quanto mais cedo melhor. No entanto, pensem nisto: quanto mais tarde forem publicitadas as listas, maior é a probabilidade do número de horários considerados ser maior, e como tal, reduzir o número de ultrapassagens na graduação. 

Quando o tema é listas, é preferível aguardar. Mesmo que a muito custo.

8 comentários:

  1. Já cansa ter paciência...é frustrante!!!

    ResponderEliminar
  2. "quanto mais tarde forem publicitadas as listas, maior é a probabilidade do número de horários considerados ser maior"

    Depende se o MEC vai voltar a pedir horários antes de saírem as listas...senão, nada feito!

    ResponderEliminar
  3. Outra hipótese seria o MEC permitir que as escolas repescassem os docentes enviados para MI em face de agora terem as tais 6h de CL.(Embora muitos horários das rescisões possam ser incompletos são seguramente mais de 6h).

    ResponderEliminar
  4. A repescagem pode ser feita em qq altura...

    ResponderEliminar
  5. Caros,

    se estão fartos de aguardar e fartos desta situação, façam alguma coisa...deem conhecimento publico desta situação! quem não é professor ou sabe através de familiares que o são (o meu caso) ou simplesmente não faz ideia...estas coisas têm que se tornar publicas...este estado tem que ser cada vez mais descredibilizado...mexam-se! deixem-se de lamurias e façam qq coisa...a força do trabalho é vossa e sem professores contratados as escolhas não funcionam!

    ResponderEliminar
  6. Caros,

    se estão fartos de aguardar e fartos desta situação, façam alguma coisa...deem conhecimento publico desta situação! quem não é professor ou sabe através de familiares que o são (o meu caso) ou simplesmente não faz ideia...estas coisas têm que se tornar publicas...este estado tem que ser cada vez mais descredibilizado...mexam-se! deixem-se de lamurias e façam qq coisa...a força do trabalho é vossa e sem professores contratados as escolhas não funcionam!

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. colega ricardo sabe até que data pode ser repescado um professor QE da lista de horario 0 e logo da mobilidade?

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...