sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Apresentações de professores a 1 de setembro

E de acordo com aquilo que já era previsível, pela leitura desta nota informativa (que transcrevo abaixo) é fácil concluir que não teremos listas de colocação no dia 1 de setembro:

Nota: negritos e sublinhados de minha autoria.

"Informam-se todos os docentes candidatos ao concurso de mobilidade interna que se devem apresentar no 1.º dia útil do mês de setembro, enquanto aguardam a publicitação das respetivas listas definitivas, nos seguintes termos:

a) Candidatos opositores à 1.ª prioridade, nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 28.º Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho na redação conferida pelo Decreto-Lei n.º 83-A/2014, de 23 de maio, retificado pela Declaração de Retificação n.º 36/2014, de 22 de julho – devem apresentar-se no último agrupamento de escolas/escola não agrupada onde exerceram funções;

b) Candidatos opositores à 2.ª prioridade (Docentes dos Quadros do Continente), nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 28.º Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho na redação conferida pelo Decreto-Lei n.º 83- A/2014, de 23 de maio, retificado pela Declaração de Retificação n.º 36/2014, de 22 de julho - devem apresentar-se no último agrupamento de escolas/escola não agrupada onde exerceram funções;

c) Candidatos opositores à 2.ª prioridade (Docentes dos quadros das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira), nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 28.º Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho na redação conferida pelo Decreto-Lei n.º 83-A/2014, de 23 de maio, retificado pela Declaração de Retificação n.º 36/2014, de 22 de julho - devem apresentar-se no agrupamento de escolas/escola não agrupada de validação da candidatura ao concurso da mobilidade interna;

d) Candidatos opositores à 3.ª prioridade, nos termos do n.º 3 do artigo 7.º Decreto-Lei n.º 60/2014, de 22 de abril - devem apresentar-se no agrupamento de escolas/escola não agrupada de validação da candidatura ao concurso da mobilidade interna".

Para nossa infelicidade vamos apresentar-nos numa escola que muito provavelmente não será aquela onde ficaremos colocados, e como tal, todo este procedimento irá constituir um despesa acrescida para os professores e uma confusão perfeitamente evitável.

4 comentários:

  1. Quero, antes de mais, agradecer por este blogue fantástico. Tem sido muito útil para mim.

    Quanto aos concursos, também concorri à mobilidade. Estava destacado há uns 12 anos, no meu concelho. No último concurso tive que me deslocar, enquanto os meus colegas com muito menos tempo de serviço... mantiveram o lugar...

    Com todos os cortes + deslocação, neste momento ganho (líquido) uns 850 euros. Sou professor há 18 anos.

    Estas confusões e atrasos com os concursos já nem me afetam muito, habituado que estou a ser desprezado.

    ResponderEliminar
  2. Quero, antes de mais, agradecer por este blogue fantástico. Tem sido muito útil para mim.

    Quanto aos concursos, também concorri à mobilidade. Estava destacado há uns 12 anos, no meu concelho. No último concurso tive que me deslocar, enquanto os meus colegas com muito menos tempo de serviço... mantiveram o lugar...

    Com todos os cortes + deslocação, neste momento ganho (líquido) uns 850 euros. Sou professor há 18 anos.

    Estas confusões e atrasos com os concursos já nem me afetam muito, habituado que estou a ser desprezado.

    ResponderEliminar
  3. aemc - Sou docente há 22 anos. Estou em mobilidade interna.

    ResponderEliminar
  4. Será este o motivo de tanta demora???
    http://www.noticiasaominuto.com/pais/269099/escolas-perdem-1889-professores-que-rescindem-por-mutuo-acordo

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...