terça-feira, 13 de maio de 2014

Se quiserem ficar a saber um pouco mais sobre o futuro da educação em Portugal...

...o melhor mesmo será lerem o documento constante no sítio do Governo de Portugal, intitulado "Um Estado Melhor" e avançarem para as páginas 94 e 95. Aí poderão ficar a saber o que está a ser feito e o que mais será destruído.

A título de exemplo...

Em curso: Reforço da autonomia das escolas para maior diversidade e escolha dos projetos educativos; Criação de um novo tipo de contratos de associação; e Regulamentação e aplicação do novo Estatuto do Ensino Particular e Cooperativo.

No futuro próximo: Lançamento de concursos públicos para que as autarquias que o desejem se candidatem a mais transferências de competências; Criação de “escolas independentes” dando oportunidade à comunidade de professores do ensino público de se organizar num projeto de escola específico, garantindo à sociedade e à comunidade a escolha de projetos de escola mais diferenciados; e Testes-piloto para reforço da liberdade de escolha das famílias sobre a escola que querem para os seus filhos. 

Dizem-me que não tenho que ter receio do futuro e das novidades, mas aquilo que está anunciado pelo Governo em termos de "privatização" e "partidarização" da escola pública, não me deixa mesmo nada descansado.

2 comentários:

  1. Querem fazer experiências com as escola pública, mas o que vai resultar é uma confusão geral que penso que será propositada.

    Abertura das escolas a partidos e grupos de interesses. Autorizaçoes para fazerem o que querem e lhes der na telha, pois o estado deixa de controlar especificamente as atividades das mesmas.

    Mais corrupção, mais descontrolo, mas injustiças, mais confusão.Aparecimento de grupos totalitários, fuga de responsabilidades.

    Quem paga tudo isto? Pensem um bocadinho.

    ResponderEliminar
  2. Não há de facto razão para preocupações a nã ser por via de um qualquer preconceito. Onde reside o mal de possibilitar a um grupo de professores com um projeto interessante avançar para a criação da uma escola? Parece-me aliás, uma ideia muito mais interessante que deixar as autarquias meter a unha, a menos que seja uma realidade a fusão de Municípios e que se acabem as quintas de gente incompetente que simplesmente funciona em redor do pequeno e pontual interesse individual.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...