segunda-feira, 27 de maio de 2013

Expectável...

Ministério da Educação avança com serviços mínimos para o dia da greve geral de professores  

Comentário: E como se esperava, o MEC prepara-se para decretar serviços mínimos para 17 de junho... As greves aos exames estão quase sempre destinadas ao fracasso, pois quase todos se encolhem quando ouvem falar em serviços mínimos. Este assunto é extremamente controverso, acima de tudo quando existem diferentes interpretações da aplicabilidade da lei (leiam aqui).

11 comentários:

  1. Teria sido mais sensato (e, porventura mais eficaz) termos quatro dias de greve (um dia por região) na última semana de aulas, complementados por manifestações nas capitais de distrito.
    Pesava pouco no bolso e durante uma semana não se falava noutra coisa nas televisões deste país. E depois culminaríamos com uma grande manifestação nacional...

    ResponderEliminar
  2. E não dava em nada, Pedro!

    ResponderEliminar

  3. Informo os colegas que não faço greve

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok. Estamos informados. Felicidades.

      Eliminar
  4. Poderemos saber os motivos, Paulino?

    ResponderEliminar
  5. Para Pat
    Sim podes:

    Sou um profissional responsável, e concordo plenamente com as medidas do Governo, o caminho tem de ser despedir a começar pelos contratados

    ResponderEliminar
  6. Tal como o Paulino eu também fui um profissional responsável e fiz o mesmo serviço que mtos do quadro.
    Até agora já despediram os contratados, que tratem de despedir os professores do quadro. Que acham que nada lhes afeta.

    ResponderEliminar
  7. Eu diria mais que é um profissional alienado, mas cada um tem direito à sua opinião.

    ResponderEliminar
  8. Para Paulino: o objetivo é tornar efetivos em contratados... falta pouco para os efetivos serem despedidos... a amioria não aguenta fisicamente o trabalhos que os contratados têm. Aí aplicar--se-á a lei da evolução: os mais adaptados sobrevivem. Seremos nós, certamente.
    Ruizinho de Paços

    ResponderEliminar
  9. Adoro "profissionais" que se intitulam "responsáveis"! Quando o Paulino tiver um horário com mais de 30 horas letivas, tiver mais de 10 turmas e tiver que acumular vários cargos por ser um dos poucos profissionais a trabalhar nas várias escolas do seu hiperagrupamento, vai valer-lhe de muito a sua responsabilidade... Espero que tenha muita robustez física e psíquica :)

    Gonçalo L.

    ResponderEliminar
  10. Paulino
    Se fosses um profissional responsável fazias, mais responsável sou eu (39 anos de serviço) e faço; por mim e por todos os colegas, contratados ou do quadro.
    Nem és responsável nem profissional, por isso0 arranja outra desculpa...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...