segunda-feira, 30 de julho de 2012

Da reunião de bloggers...

Da reunião de bloggers de sábado passado, foi possível encontrar um conjunto de 5 ações que julgo serem as suficientes (a este momento) para algo que ainda se encontra numa fase embrionária.

Para quem esperava outro tipo de soluções "mais elaboradas", apenas isto: independentemente da nossa visibilidade pública, não são 6 blogues de professores que irão alterar o rumo dos acontecimentos. Se alguns (creio que poucos) pensaram o contrário, fica aqui o meu lamento. Para conseguir uma mudança profunda de rumo na educação, é necessário muito mais... Ninguém aqui é mártir... Nenhum de nós é milagreiro... Mas todos (tal como a maioria dos que lêem este blogue) pretendemos melhorar o complicado panorama que se vive nas escolas e no sistema educativo em geral. 

Assim, segue o articulado das ações a desenvolver nos próximos tempos:

- Manter a atividade de divulgação, análise e crítica da atualidade educativa de forma independente e de acordo com a identidade específica de cada blogue.
- Exercer a pressão possível sobre os atores institucionais para que seja pública, e em tempo útil, toda a informação relevante para que todos os interessados no sector da Educação possam formar a sua opinião.
- Realizar um encontro alargado e aberto a todo o público de bloggers, no próximo mês de setembro, sobre "A Blogosfera e a Discussão das Políticas Educativas em Portugal".
- Promover a realização de encontros descentralizados, temáticos, ao longo do ano letivo, conforme o interesse manifestado por grupos de colegas ou escolas.
- Aguardar pela situação no final do mês 31 de agosto para divulgar medidas de outro tipo, enquadráveis numa lógica de oposição e resistência às políticas educativas em decurso.

22 comentários:

  1. Eu apoio este tipo de atividades, só assim poderemos ser mais fortes.
    FORÇA..

    ResponderEliminar
  2. Desorientada:

    Caro Ricardo,
    Gostaria de louvar o vosso empenho e dedicação à causa. Tudo o que fizermos será pouco. É inevitável perceber que o rumo destas políticas neoliberais conduzirá à destruição da escola pública. Todavia, não posso resignar-me a aceitar que não há, entre nós, pessoas capazes de gerar ideias e ações que contrariem este estado de coisas. Dói-me a apatia de muitos colegas. Dói-me o egoísmo e as dissensões. temos de nos unir e ultrapassar as ideologias políticas.Como é possível deixar que uma ideologia política se sobreponha ÀS CONVICÇÕES PESSOAIS E, SOBRETUDO, A UMA ÉTICA?
    Mobilizemo-nos antes que seja demasiado tarde.

    Obrigada pelo apoio que nos prestam e por nos fazerem sentir mais acompanhados.

    Desorientada

    ResponderEliminar
  3. Obrigada a todos e podem contar comigo :)

    ResponderEliminar
  4. http://antero.files.wordpress.com/2012/07/270712a.jpg

    ResponderEliminar
  5. Olá Ricardo, na minha opinião, nada de novo relativamente ao que vocês já desenvolviam(um pouco desiludido). Esperemos então por 31 de Agosto e pelo ponto 5. Contêm comigo para fazer conjuntamente com vocês, parte da luta.

    ResponderEliminar
  6. http://antero.files.wordpress.com/2012/07/270712a.jpg

    ResponderEliminar
  7. As linhas de trabalho 3 e 4 são as mais importantes e é nessas que me interessa participar. Os meus parabéns. Valeu a pena aguardar. Depois comuniquem o local do encontro alargado e se possível que seja numa cidade do centro e num fds. Obrigado pelo trabalho que aqui fazes

    ResponderEliminar
  8. Se possível sem os sindicatos, não é?! È mesmo isso que vocês querem?

    ResponderEliminar
  9. Agradam-me estas iniciativas por serem exequíveis. Não tenho a certeza mas a data de 31 de Agosto estará relacionada com os colocações e se assim for faz ainda mais sentido.

    Assinado: Professora farta de manifestações, vigílias e movimentos facebook.

    ResponderEliminar
  10. Separem lá as águas, pf. Esta iniciativa é de bloggers e não de sindicatos. Querem meter os sindicatos em tudo.

    ResponderEliminar
  11. Muito bem! Apesar de não concordar com a forma como isto tudo foi feito, o seu contéudo é muito importante e é o que mais interessa.

    ResponderEliminar
  12. Mas que forma?????? Vocês não têm sentido de humor?! Eu até gostei e percebi. E percebi pq já conheço o autor deste blogue desde a altura em que o mesmo era destinado exclusivamente para professores contratados, ainda estávamos em 2005. O Ricardo não precisa de quem o defenda e mais do que isso se as ações foram combinadas entre todos os bloggers porque é que se só se atiram ao ricardo com unhas e dentes???

    Desculpa aí, ricardo, mas já estou desde sábado a ler comentários idiotas e hoje explodi. E eu que nem gosto de comentar

    ResponderEliminar
  13. A Outra Face da Inveja

    Aqueles que são invejados entristecem-se com o rancor que sentem à sua volta; se são orgulhosos, por receio de algum prejuízo; se generosos, por compaixão dos que invejam. Mas depressa se alegram: se me invejam, isso quer dizer que tenho um valor, dos méritos, das graças; quer dizer que sentem e reconhecem a minha grandeza, o meu triunfo. A inveja é a sombra obrigatória do génio e da glória, e os invejosos não passam, de forma odiosa, de admiradores rebeldes e testemunhas involuntárias. Não custa muito perdoar-lhes, quando existe o direito de me comprazer e desprezá-los. Posso mesmo estar-lhes, com frequência, gratos pelo facto de o veneno da inveja ser, para os indolentes, um vinho generoso que confere novo vigor para novas obras e novas conquistas. A melhor vingança contra aqueles que me pretendem rebaixar consiste em ensaiar um voo para um cume mais elevado. E talvez não subisse tanto sem o impulso de quem me queria por terra.
    O indivíduo verdadeiramente sagaz faz mais: serve-se da própria difamação para retocar melhor o seu retrato e suprimir as sombras que lhe afectam a luz. O invejoso torna-se, sem querer, o colaborador da sua perfeição.

    Giovanni Papini, in 'Relatório Sobre os Homens'

    ResponderEliminar
  14. Jay, relaxa...
    É a minha opinião, pode ser?

    O mais importante é eles terem-se unido e plantado a semente de algo que pode ser muito importante.

    Força!!!

    ResponderEliminar
  15. "Da união de Bloggers"
    Bem sei que não devemos estar à espera de que façam por nós aquilo que nos compete a nós próprios. No entanto, já fomos habituados a ter tanto apoio e tanta orientação que continuamos a contar com isso. Espero que esta união continue a ser uma força para todos nós.
    Força para a luta!!! Precisamos todos uns dos outros. Juntos não quebramos tão facilmente.

    ResponderEliminar
  16. Não quero ofender ninguém, apenas expressar a minha opinião que deve ter a mesma importância das outras, especialmente se o que escrevo é dito com honestidade e seriedade:

    Depois de 3 post ou mais sobre a implosão do MEC, sobre a mudança na educação a partir de sábado passado e sobre o que não fazer, à mistura com algum divertimento e algum humor dos bloggers reunidos no almoço, este plano não tem nada de novo. Não acrescenta nada ao que já têm feito na blogosfera.

    Assim sendo, foi acrescentado mais ruído e sound bytes do que outra coisa.

    Ao se transformar, na prática, num não-assunto e num não- acontecimento, tenho a ideia que se torna mais prejudicial do que benéfico numa luta concertada e unívoca pela defesa da escola pública.

    É esta a minha opinião e tenho todo o direito a exprimi-la enquanto me deixarem participar neste espaço público. Porque noutros blogs não posso....

    ResponderEliminar
  17. Andei pelo Facebook, mais precisamente por dois grupos "vinculação professores contratados" e "Plataforma ???? (não me lembro do resto)" e fiquei boquiaberta com os comentários que lá se fazem contra esta acção destes bloguers. Até o Octávio Gonçalves na sua página do FB se lembrou de os criticar. Transcrevo só o final do seu texto: " a tão propalada implosão parece-me algo vedetista, mais a modos de presunção e água benta derramada em copos de um certo entusiasmo e protagonismo hiperbólicos."

    Não compreendo tanta indignação pelo simples facto de um grupo de colegas se reunirem para pensarem sobre educação. Até o facto de terem almoçado e terem bebido à refeição os incomoda.

    Realmente, que raio de classe somos nós!!!!

    ResponderEliminar
  18. Deixo aqui uma questão que agradecia ver esclarecida. Uma vez terminados os Centros de Novas Oportunidades, o que irá acontecer ao ensino de Adultos? Sempre irá haver ensino Recorrente? Ou ainda não existe qualquer oferta? Muito obrigada!

    ResponderEliminar
  19. Nem todos os que criticam o fazem de forma negativa mas no uso necessário do contraditório.
    Há 2 ou 3 dos colegas dos que se reuniram não são anónimos, conhecidos na comunicação social e com trabalho de relevo no seio dos professores têm responsbilidades acrescidas.
    Para o bem e para o mal a iniciativa já teve um sucesso, agitar as águas que pareciam calmas para o ataque à Escola Pública e aqui discordo do Anonimo das 3:58 PM.
    Curioso que as críticas estejam centradas neste blog e no facebook.
    Apostava que sei de onde veio a iniciativa do encontro mas esse será por enquanto um segredo bem guardado.

    ResponderEliminar
  20. Ou seja antes do vosso encontro vocês não faziam isto?
    - Manter a actividade de divulgação, análise e crítica da actualidade educativa de forma independente e de acordo com a identidade específica de cada blogue.
    - Exercer a pressão possível sobre os actores institucionais para que seja pública, e em tempo útil, toda a informação relevante para que todos os interessados no sector da Educação possam formar a sua opinião.

    Vamos todos comer leitão? não sei se os contratados vão ter dinheiro para pagar, mas ou menos tempo livre vão ter…
    - Realizar um encontro alargado e aberto a todo o público de bloggers, no próximo mês de Setembro, sobre A Blogosfera e a Discussão das Políticas Educativas em Portugal.

    Sim em tempo de aulas imenso tempo, mas novamente à maioria dos contratados tempo livre não deve faltar…
    - Promover a realização de encontros descentralizados, temáticos, ao longo do ano lectivo, conforme o interesse manifestado por grupos de colegas ou escolas.

    Já aprenderam alguma coisa com os Sindicatos e o MEC….
    - Aguardar pela situação no final do mês 31 de Agosto para divulgar medidas de outro tipo, enquadráveis numa lógica de oposição e resistência às políticas educativas em decurso.

    ResponderEliminar
  21. Ricardo tens feito um trabalho extraordinário tu e os restantes responsáveis pelos outros blogues.
    Vocês conseguiram unificar as pessoas a vossa volta, esperando eu que assim continue. Estarei ao vosso lado.

    Mas as iniciativas deveriam ser já! O MEC não esperou por 31 de Agosto.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  22. Respondam me lá!...Qual a solução para o ensino de adultos? Obrigada!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...