domingo, 26 de fevereiro de 2012

Vai ser bonito...


Comentário: Mais uma informação retirada da proposta do MEC relativa à alteração ao regime de Autonomia, Administração e Gestão dos Estabelecimentos Públicos da Educação Pré-escolar e dos Ensinos Básico e Secundário (aqui). Nesta caso particular, estamos a falar de uma disposição transitória e final que estabelece o seguinte:

"Artigo 6.º
Mandatos e cessação de funções
1 - Até final do ano escolar de 2012/2013, sempre que numa escola não agrupada se verifique a cessação do mandato do diretor, o serviço territorialmente competente do Ministério da Educação e Ciência nomeia uma comissão administrativa provisória, que assegurará transitoriamente as funções de gestão e administração da escola até que seja proferida decisão sobre a sua agregação.
2 - No âmbito da reorganização e consolidação da rede escolar do ensino público, o Ministério da Educação e Ciência concluirá, até final do ano escolar de 2012/2013, o processo de agregação de escolas e a consequente constituição de agrupamentos.
3 - Os mandatos dos diretores das escolas ou dos agrupamentos de escolas que vierem a ser integrados em novos agrupamentos ou sujeitos a novos processos de agregação cessam com a tomada de posse da comissão administrativa provisória designada nos termos e para os efeitos previstos no artigo anterior".


E se numa primeira análise até poderemos considerar esta proposta como francamente positiva (pois permite interromper alguns regimes de gestão "seculares"), por outro lado, temos a nomeação de uma comissão administrativa provisória (pelo MEC) que não será pacífica nem tão pouco isenta de cores partidárias...

6 comentários:

  1. O que não se compreende é que tenham deixado os TEIP e as profissionais fora do processo de fusão. A gestão, como está, constitui uns arranjinhos bastantes dispendiosos, prepetua no poder gente que já nem sabe dar aulas e desqualifica o ensino.

    ResponderEliminar
  2. Valentim
    Tem a certeza que quer as TEIP nas fusões?
    Isso já aconteceu, e o novo agrupamento ficou TEIP. Já viu o efeito que isso iria provocar nos concursos?

    ResponderEliminar
  3. enquanto estiver a comissão executiva provisória poupam uns euros...

    até concordo,temos que pôr as contas em dia.

    ResponderEliminar
  4. Parece-nos que todos os bons docentes profissionais, perseguidos, maltratados e magoados com os Diretores prepotentes, autocráticos sem investigação pedagógica efetuada, que passam a vida a tentar indiretamente fazer cabalas aos docentes reflexivos dinâmicos e democráticos, se deveriam juntar e enviar as suas queixas concretas para o Ministério que as desconhece por completo, sabemos de otimas escolas com diretores e coordenadores humanistas que tiveram muito bom em todos os parametros na qualificação externa, talvez a culpa também seja nossa por termos medo de futuras represálias. Há podres nas escolas que o MEC nem imagina. Juntemo-nos todos para as denunciar nos respetivos orgãos deinformação, poderiam ser um bom “veículo”, talvez isto melhorasse um pouco o mau ambiente que se vive nalgumas escolas como: D.João II, Stª Onofre em Caldas da Rainha e Agrupamento Josefa de Óbidos em Óbidos, S.Martinho do Porto, onde muitos professores se queixam nos cafés, mas têm quase pavor em denunciar. Já chega de tanto provincionalismo, falta de Humanismo, de Direções que não trabalham para a qualidade rigor e Bem- comum de uma Instituição educativa, já chega de submições, intrigas, favoritismos, chantagens a que milhares de Docentes estão sujeitos por se submeterem a más Direções, haja uma forma digna de trabalhar com gosto, empenho dedicação, criatividade e amor e também a possibilidade de se poder levantar o veu dos maus ambientes que se vivem nalgumas escolas para se poder verdadeiramente qualificar e diferenciar os/as centenas ou milhares de bons/boas ou excelentes Diretores/as que felizmente também existem, olhe-se para os casos dos Agrupamentos de Oeiras, Santarém, Coimbra, Sec. Raúl Proença, Rio Maior, Bombarral e que sirvam de exemplo .
    Vários Docentes da Zona Oeste, Lisboa, Coimbra e Santarém, venham os mega agrup.

    ResponderEliminar
  5. Parece-nos que todos os bons docentes profissionais, perseguidos, maltratados e magoados com os Diretores prepotentes, autocráticos sem investigação pedagógica efetuada, que passam a vida a tentar indiretamente fazer cabalas aos docentes reflexivos dinâmicos e democráticos, se deveriam juntar e enviar as suas queixas concretas para o Ministério que as desconhece por completo, sabemos de otimas escolas com diretores e coordenadores humanistas que tiveram muito bom em todos os parametros na qualificação externa, talvez a culpa também seja nossa por termos medo de futuras represálias. Há podres nas escolas que o MEC nem imagina. Juntemo-nos todos para as denunciar nos respetivos orgãos deinformação, poderiam ser um bom “veículo”, talvez isto melhorasse um pouco o mau ambiente que se vive nalgumas escolas como: D.João II, Stª Onofre em Caldas da Rainha e Agrupamento Josefa de Óbidos em Óbidos, S.Martinho do Porto, onde muitos professores se queixam nos cafés, mas têm quase pavor em denunciar. Já chega de tanto provincionalismo, falta de Humanismo, de Direções que não trabalham para a qualidade rigor e Bem- comum de uma Instituição educativa, já chega de submições, intrigas, favoritismos, chantagens a que milhares de Docentes estão sujeitos por se submeterem a más Direções, haja uma forma digna de trabalhar com gosto, empenho dedicação, criatividade e amor e também a possibilidade de se poder levantar o veu dos maus ambientes que se vivem nalgumas escolas para se poder verdadeiramente qualificar e diferenciar os/as centenas ou milhares de bons/boas ou excelentes Diretores/as que felizmente também existem, olhe-se para os casos dos Agrupamentos de Oeiras, Santarém, Coimbra, Sec. Raúl Proença, Rio Maior, Bombarral e que sirvam de exemplo .
    Vários Docentes da Zona Oeste, Lisboa, Coimbra e Santarém, venham os mega agrup.

    ResponderEliminar
  6. em tempo de crise ,todos devemos colaborar.
    já viram,algum executivo abdicar dos subsidios para ajudar a sua escola?
    pois é,por haver tantos euros tresmalhados é que chegámos a isto.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...