segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Acréscimo do desemprego docente


Comentário: De acordo com a notícia (disponível apenas na versão paga), o número de professores do ensino secundário e superior subiu de 5241 para 9681 (acréscimo de 84,7% no período em análise). Acrescentam ainda que o número de professores desempregados do nível médio de ensino subiu de 4908 para 6199 (acréscimo de 26,3%). No total, 56% de aumento... De 10 149 para 15 880!

São números difíceis de digerir, mas que poderão ser úteis para ponderar seriamente a sobrevivência de alguns colegas na escola pública portuguesa. Já o escrevi há uns tempos na "Sala de Profs" cá da casa, mas vou repetir aqui: pensem em fazer algo mais que "esperar" por uma colocação. Pensem em sair do país e/ou em gerar o vosso próprio emprego (não tem que ser sozinhos, poderão organizar-se), pois no próximo ano lectivo não será melhor.

4 comentários:

  1. Estes números de desempregados abrangem o nível secundário?
    Sofia

    ResponderEliminar
  2. TB deverão aconselhar outras pessoas a não tirarem cursos superiores nesta área... pois fecharem os cursos já percebemos que nunca o irão fazer pois o lobby do superior nunca o permitiria... aliás penso que a prova de acesso é uma maneira de dificultar o acesso à profissão, mas claro, sem o MEC mexer directamente nos interesses instalados!

    ResponderEliminar
  3. e já agora renunciar à nacionalidade portuguesa, também não?

    ResponderEliminar
  4. justificam a prova com a qualidade dos professores e arranjam a solução para manter o lobby instalado;com os médicos não se metem...
    eu,sou licenciada,estou no interior e em vez de 750 euros de subsdio,pago a gasolina e o desgaste do carro e só me falta aparecer de tromba partida ...
    maldita vida...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...