quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Magalhães no "prego"


Comentário: A Fundação para as Comunicações Móveis (responsável pelos programas e.escola e e.escolinha)  será extinta, e parte das suas "funções" será agora assegurada pelo MEC. A dívida criada por esta fundação poderá ascender aos 73 milhões de euros!

73 milhões de euros que o governo terá de saldar (junto das operadoras móveis, por exemplo) no momento da extinção da fundação e que resultaram de "maravilhas" tecnológicas como o "Magalhães". Se lerem o artigo com atenção irão constatar que o maior devedor é o próprio Ministério da Educação. Mais um daqueles imbróglios financeiros que serão resolvidos à custa de menos professores contratados e de piores condições nas escolas.

2 comentários:

  1. Como eu recordo o dia, em que estava a dar aulas,e me disseram para mandar os alunos para casa depois de almoço, pois ia ter uma formação, com representantes da DRE e uns senhores da INTEl.
    Adorei o momento!!..
    Não toquei num computador!..
    Era a única coisa digna que podia fazer, para vencer tanta raiva por estar ali obrigada...

    ResponderEliminar
  2. Tanto dinheiro deitado ao lixo, maioria dos Magalhães estão estragados, desactualizados e arrumados para um canto. Se tivessem gasto todo esse dinheiro em equipamento para as escolas, por exemplo quadros interactivos, seria muito melhor e não teríamos tantas escolas com quadros de giz.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...