quarta-feira, 14 de maio de 2008

Pais consideram que ainda não há condições para uma "verdadeira liberdade de escolha".

No sítio da RTP a 14/05/2008: "As duas confederações de associações de pais consideraram hoje que ainda não estão reunidas as condições para uma "verdadeira liberdade de escolha" das escolas por parte dos encarregados de educação, devido à desigualdade da oferta das escolas.

A Assembleia da República discute hoje uma projecto de lei do CDS/PP que prevê uma rede de serviço público de educação, integrada inicialmente pelas escolas do Estado e pelos estabelecimentos privados com contrato de associação, sendo depois aberto um concurso para a adesão das restantes escolas.
(...)
"Para haver liberdade de escolha dos pais é necessário que haja igualdade de circunstâncias na oferta educativa das escolas estatais, privadas e cooperativas. As famílias deveriam poder escolher tendo em conta o projecto educativo, mas primeiro é preciso que a oferta das escolas públicas se aproxime à da escola privada. Isso está longe de acontecer", afirmou Albino Almeida.
(...)
No entanto, o presidente da CONFAP acredita que "a prazo" haverá uma maior igualdade entre as escolas públicas, na sequência do novo diploma de gestão, autonomia e administração escolar. (...)"

Ver Artigo Completo (RTP)

------------------------
Comentário: Na realidade, esta proposta do CDS tem tudo para ficar na "gaveta". É injusta e iria provocar certamente uma migração dos melhores alunos (ou com "melhores" pais) para as instituições privadas, fazendo com que as escolas públicas ficassem com bastantes alunos (com pais pouco "influentes") "difíceis" e desinteressados. O que seria mau, para os restantes...

Quanto à certeza de maior igualdade entre as escolas, após implementação do novo sistema de gestão, autonomia e administração escolar, proferida pelo presidente da CONFAP: Não acredito que as escolas se aproximem em termos de exigência, pois é o futuro director, quem em última (e provavelmente, em primeira) análise define essa "aproximação". E os directores não serão todos iguais... Tal como a autonomia das escolas (nomeadamente de alguns poderes locais).

Venha a próxima proposta...

------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...