quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Vamos ter um estudo nacional sobre o desgaste dos professores


Comentário: Este é mais um estudo que irá constatar o óbvio... E se o estudo deverá constatar o que todos sabemos, também sabemos que o mesmo não terá qualquer influência nas decisões governamentais relativas à carreira docente. 

Percebo perfeitamente a relevância destes estudos. São necessários e eu gosto de os analisar. Mas julgar (ou mesmo anunciar) que uma avaliação académica da realidade profissional dos professores poderá influenciar a avaliação política, é "esticar a corda". E sim... Eu sei que frequentemente se anunciam grupos de trabalho, que elaboram estudos, no sentido de uma determinada decisão política. Mas são estudos encomendados pelo Governo. Este, não é um desses estudos!

1 comentário:

  1. Claro que o esgotamento dos professores é uma triste realidade e prenhe de infelizes e injustas consequências para muitas crianças e jovens. O que me preocupa neste momento, a este propósito, meu caro Ricardo, é isto: se nunca tivesse havido Maria de Lurdes Rodrigues, nem ADD, nem crise financeira, nem congelamento… será que os professores estariam, neste momento, a refletir (sublinho: refletir, não aceitar cega e inconscientemente – portanto, com uma atitude profissional) sobre as mudanças muito provavelmente necessárias, mesmo obrigatórias (quer haja ou não consciência disso!), a empreender na escola, no ensino e educação das crianças e jovens para que a escola tenha efetiva relevância nas suas vidas? Claro que poderemos fazer a questão ao contrário: será que é mesmo por causa apenas e só dos governos, dos ME, da ADD, do congelamento… (sempre dos outros) que isso não está a acontecer nas escolas? Um dia destes entrei num conhecido blogue sobre educação e havia um questionário que perguntava “é a favor da flexibilização curricular?”. Estava a "ganhar" o não, claro! Penso que seria interessante perguntar, antes de mais (e apresentar escolhas múltiplas!): “o que é a flexibilização curricular?” Outro exemplo é a questão da aprendizagem das competências do século XXI ("perfil do ano"), outra temática que, para além das exceções, também está a passar completamente ao lado de muitos (demasiados?) professores! A causa será apenas e só o congelamento, a ADD, o governo, o ME (para não invocar os pais, a sociedade…)?!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...