quarta-feira, 22 de março de 2017

Que grande "tanga"


Comentário: A frase tem origem no nosso atual primeiro-ministro... E tendo em conta tudo aquilo que tem acontecido no Ministério da Educação de Tiago Rodrigues, não dá para levar a sério. Aliás, "dar tempo" é algo a que a educação não está habituada, e dificilmente algum dia poderemos respirar um pouco para efetivamente pensar em lecionar.

Estes últimos anos perco 80% do meu tempo em burocracia, em estudar (e adaptar-me) as constantes mudanças nos currículos, nos diversos modelos de avaliação e nos concursos de professores, apenas para referir alguns (poucos exemplos). Há uns bons anos, que não tenho tempo (nem motivação, admito) para efetivamente pensar em novas estratégias, produzir novos recursos (sim... eu gosto de produzir os meus próprios recursos e de inventar um pouco), atualizar-me e explorar novidades científicas. Enfim... Para tentar ser melhor no que faço!

1 comentário:

  1. "...atualizar-me e explorar novidades científicas. Enfim... Para tentar ser melhor no que faço!"

    O problema que é, por exemplo, conseguir ir a conferências e seminários interessantes!

    Só na "componente não lectiva", dizem.
    Caso contrário, mete dias de férias ou arranja permutas.....(lindooooo!)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...