segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Não se pode acertar em tudo...


Comentário: No que concerne à colocação de professores tivemos um início de ano letivo mais pacífico (se bem que muito dessa paz, foi resultado de um Mário Nogueira estranhamente menos interventivo), com o "enterro" (espero que definitivo) de uma Bolsa de Contratação de Escola (BCE) injusta. Obviamente que os efeitos dos anos de BCE irão perdurar, mas mais vale tarde que nunca...

Ah... E já que estamos em fase de negociações relativas aos diplomas dos concursos e da vinculação de professores contratados, fica a chamada de atenção: não confundir "mais vale tarde que nunca" com "é melhor poucos que nenhuns".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...