segunda-feira, 4 de julho de 2016

Da estatística...


Comentário: Aparentemente a evolução crescente de retenções na maioria dos anos de escolaridade terá sido quebrada no ano letivo 2014/2015, último ano do "reinado" de Nuno Crato e que será o tema desenvolvido na primeira notícia cujo link coloquei acima. Na segunda notícia, temos uma entrevista a Nuno Crato que tece algumas considerações relativas a estes "bons" resultados... 

Podemos estar contentes com esta evolução positiva?

Sim... Mas apenas se nos contentarmos a olhar para números e gráficos! E quem está no terreno sabe perfeitamente que o sucesso estatístico não anda de mãos dadas com o sucesso real (que será sempre bem inferior). E por mais que queiramos chutar a responsabilidade deste "teatro" para os políticos, os maiores culpados não são aqueles que estão no "poleiro" do poder.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...