sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Reações sindicais

 
Comentário: Por norma, não costumo concordar nem com o extremismo da FENPROF nem com a passividade da FNE, mas creio que estiveram ambos bem na análise que fizeram a este novo sistema de avaliação do ensino básico e ao timing da sua aplicação. Aliás, julgo que a implementação ainda este ano letivo de várias novidades será o elemento mais negativo desta "proposta" de avaliação do ensino básico.

Bem sei que o tempo é de rotura com os rumos do anterior Ministério de Nuno Crato, mas uma coisa é eliminar provas no decorrer de um ano letivo, outra é fazer substituições nos anos de escolaridade sujeitos a aferição já em pleno segundo período.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...