quarta-feira, 13 de maio de 2015

AH AH AH

Conselho Europeu quer ensino profissional mais atraente

Comentário: Ensino profissional mais atraente?! Com a tipologia de alunos que por norma caracterizam o tecido desta turmas, tornar mais atraente esta tipologia de sucesso artificial só poderá passar por alguma operação "estética". Eventualmente critérios de seleção de professores(as) e técnicos(as)  que resultem de um maior peso dado à beleza, à capacidade de entretenimento ou à grande capacidade de suportarem indisciplina... e até mesmo uma ou outra lambada.

Agora a sério.

Em Portugal, o ensino profissional tem por objetivo albergar alunos que não querem nada com a escola (reparem que nem sequer escrevi "estudar") e que não estão preocupados com o seu futuro laboral. Obviamente que os professores não estarão isentos de culpas (alguns colegas insistem em utilizar as mesmas estratégias e recursos que no ensino regular), mas acabamos por ser forçados a cumprir com o objetivo de "aguentar os alunos" e (consequentemente) a cortar na formação de algo que poderia ser bastante interessante. O MEC sabe disso, mas o que realmente interessa são as estatísticas. E essas estão garantidas!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...