terça-feira, 22 de julho de 2014

A versão sindical...

Mais um episódio da teimosia e do revanchismo de um ministro que não tem condições para o ser

Comentário: Para além de alguns esclarecimentos relativos às ações hoje impostas pelo atual governo, podemos ficar a conhecer alguns exemplos de escolas onde as reuniões sindicais foram impedidas, assim como escolas onde provas não se realizaram, se realizaram em condições irregulares e com baixa adesão por parte dos professores contratados à realização da prova.

1 comentário:

  1. Na notícia publicada no site da Fenprof, para o qual o link deste post nos remete, pode-se verificar que o Agrupamento de Escolas Afonso Henriques em Gumarães é um exemplo de uma escola onde nao se realizaram as provas. Será de esclarecer que isso não sucedeu porque "professores recusaram na sua maioria", mas sim pela falta de condições decorrentes de todo o processo. Os professores saíram das salas porque os professores vigilantes e a diretora afirmaram que não existiam condições e como tal a prova não se iria realizar e que todos os presentes (a maioria dos colegas contratados presentes desde o início) poderiam deslocar-se à secretaria para levantar as respetivas declarações de presença.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...