sexta-feira, 20 de junho de 2014

Retrocessos na educação sexual

Escolas receiam retrocessos na educação sexual 

Comentário: Desconheço a realidade da generalidade das escolas a nível nacional, no que concerne à educação sexual, no entanto, pelo pouco que vou sabendo a educação sexual não funciona como deveria. Por norma, remete-se o "problema" para os professores de Ciências Naturais e/ou Biologia, assim como para gabinetes criados para o efeito e para a celebração de dias pontuais, mas não ocorre uma real articulação entre as diversas disciplinas. Certo é que a esmagadora maioria dos docentes não possui formação na área, mas também é certo que não existe uma real estratégia governamental para o efeito.

No papel é tudo muito bonito, mas falta toda uma logística. E quando alguns consideram que este tema é melindroso e que é necessário ter muito cuidado, não será de estranhar a prevalência de certas infeções e de alguns hábitos menos saudáveis (nomeadamente ao nível das relações pessoais). É que para o bem e para o mal, muitos continuam a reduzir a educação sexual à questão das relações sexuais, quando essa é apenas uma parte (e não é nem de longe nem de perto a mais importante).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...