quarta-feira, 4 de junho de 2014

Ao que isto chegou...

Atraso com os testes de «Cambrige» deve-se a falta de professores 

Comentário: Estamos a falar de voluntariado... E se é voluntariado seria de prever que tal atraso pudesse ocorrer. A culpa dos erros resultantes da cegueira ministerial com os exames não pode (nem deve) ser atribuída aos professores. 

Se conjugarmos a sofrível logística ministerial com o ambiente de hostilidade do IAVE para com os professores e com o facto de estarmos perante uma correção graciosa, até fico surpreendido com o facto deste "teste" ter sido concretizado. Se a união docente fosse uma realidade e se tivéssemos um organismo (e não uma boa dezena) que defendesse a nossa classe, talvez nos tratassem com mais cuidado.

3 comentários:

  1. Concordo plenamente! Como classe com mais habilitações das que existem no país, devíamos mostrar mais inteligência e lutar Unidos...

    ResponderEliminar
  2. Eheheheheheh!!! este (C)rato é o máximo!!! Isto é que é saber gerir! Se bem que ele não prometeu «gerir» o ME - prometeu implodi-lo. E como tem conseguido!

    ResponderEliminar
  3. Nada tão naturalis:

    FAZ PARTE DO CIRCO E DO ENSINO FAZ DE CONTA!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...