terça-feira, 3 de junho de 2014

A ver vamos...

Realização de concurso interno extraordinário, ainda este ano letivo 

Comentário: Coincidência ou não, o certo é que a partir do momento em que se ouviu falar de que um grupo de docentes se preparava para interpor uma providência cautelar ao concurso externo extraordinário, começámos a constatar algumas movimentações sindicais no sentido de agir no mesmo sentido. 

Assim, e de acordo com comunicado da FENPROF, esta organização terá formalizado junto do MEC uma "proposta de realização, ainda este ano e com efeitos de colocação a partir de 1 de setembro de 2014, de um concurso interno extraordinário que tenha o mesmo número de vagas que o disponibilizado no âmbito do concurso externo extraordinário (1954)"

Posso estar errado, mas seja por via da providência cautelar ou por via de pressão sindical, o certo é que nos próximos meses teremos um reforço da já tradicional confusão concursal. Confusão perfeitamente evitável, na medida em que já no ano anterior se assistiu a alguma contestação aquando do primeiro concurso externo extraordinário. Obviamente que mais do mesmo, e com mais vagas, teria como resultado mais contestação.

6 comentários:

  1. O MEC continua a dividir para reinar e consegue...
    Enquanto não formos Unidos como outras classes de profissionais, os nossos direitos serão sempre colocados em causa...
    Fico triste...

    ResponderEliminar
  2. Para Maria de Rosário: a estratégia do MEC já não é nova... Atravessa cores partidárias e sucessivos governos.

    Facto é que... RESULTA SEMPRE!

    Infelizmente somos definitivamente uma classe que não aprende.

    ResponderEliminar
  3. De que serve um concurso interno se não abrem vagas?

    Eu ainda tinha esperança que em 2015, como é ano de eleições, aparecessem umas vagazitas...
    Agora assim...

    Esperamos que não seja como o último... a malta a contar as vagas negativas...

    ResponderEliminar
  4. O problema é que já estamos em junho, não há tempo para colocar em cima da mesa um novo concurso interno, teriam de ser negociações relâmpago e as pedras estão todas a dormir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente, pedirem um concurso interno ainda neste ano letivo é surreal... É óbvio que não é possível. A FENPROF sabe muito bem que não vale a pena pensar nisso.

      Eliminar
  5. Tens toda a razão, Ricardo, tudo é feito para tentar dividir a classe. Mas qual é a tua opinião sobre o movimento dos professores do quadro? Terem ficado quietos e deixar voltar a acontecer o mesmo do ano anterior?
    Acho que sei qual será a opinião, mas até gostava de "ouvir"...
    E claro que tudo seria evitado se o MEC agisse como deveria. Mas isso já ninguém pode esperar por tal...
    Um abraço

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...