quinta-feira, 29 de maio de 2014

Divulgação de investigação de doutoramento sobre Motivação Docente (continuação)

E dando continuidade à "parceria" estabelecida a 15 de novembro de 2013 (aqui), segue nova divulgação relativa ao estudo como o tema "A motivação profissional dos docentes do Ensino Básico e Secundário: a influência de variáveis organizacionais, individuais e pertencentes à interface sujeito-organização."

Assim,

"Exmo. Sr. Professor, 

A motivação docente é uma problemática bastante relevante no sistema educativo português, afetando, não só os professores, mas também a motivação dos alunos e o funcionamento dos estabelecimentos de ensino, uma vez que os docentes são atores fundamentais em todo o processo educativo. 

Apesar da sua importância, a motivação docente tem perdido, ao longo dos últimos anos, relevância em termos de investigação. Porém, é cada vez mais importante conhecer os índices motivacionais dos professores, uma vez que eles contribuem, de forma imprescindível, para a formação de várias gerações de cidadãos ativos. 

Com o objetivo de analisar este aspeto numa ótica organizacional, considerando que a escola é em si própria uma organização, estamos a desenvolver uma tese de doutoramento com o título: A motivação profissional dos docentes do Ensino Básico e Secundário: a influência de variáveis organizacionais, individuais e pertencentes à interface sujeito-organização. 

Esta tese é orientada pelo Professor Doutor Saul Neves de Jesus (Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais) e é financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) (Bolsa nº SFRH/BD/89588/2012). 

Para realizar este estudo foi criado um questionário que se refere às percepções que os docentes possuem relativamente a um conjunto de variáveis que afetam a sua motivação profissional. As respostas facultadas são totalmente confidenciais, sendo toda a informação utilizada, apenas, para os efeitos desta investigação. 

O preenchimento do questionário demora cerca de 15 minutos. A passagem deste questionário foi já autorizada pela Direção Geral de Educação (DGE). 

Vimos solicitar a sua colaboração nesta investigação, no sentido de responder ao questionário. O preenchimento deste deverá ocorrer até dia 13 de Junho de 2014.


No final da investigação serão dados a conhecer os seus principais resultados, de forma a que todos possamos conhecer melhor os fatores que influenciam a motivação dos docentes do Ensino Básico e Secundário portugueses, podendo, a partir daí, serem melhor perspetivadas medidas que possam contribuir para um aumento desta motivação. 

Os docentes que participarem neste estudo, respondendo ao protocolo de investigação, também poderão receber os resultados obtidos no mesmo, bastando indicar o e-mail logo no início do questionário. 

Antecipadamente gratos pela atenção dispensada e aguardando o seu contato, subscrevo-me com os melhores cumprimentos, 

João Viseu"

3 comentários:

  1. Muito doutoramento se andam a fazer à nossa custa. E é sempre à volta do mesmo tema.

    ResponderEliminar
  2. Francamente...


    Não é preciso doutoramentos,
    digo já !!

    A motivaçao dos professores é NULA!E já ultrapassou a motivaçao, o sentimento agora é de revolta!

    O ensino nas escolas é feito com base em REVOLTA !

    ResponderEliminar
  3. Com tanta coisa para investigar e finaciar, FCT financia estudos desta índole.

    Não se esqueça de referir também quantos filhos têm os professores relativamente ao resto da população e quantos vezes praticam sexo por trimestre.

    Já agora também era engraçado comparar com outros trabalhadores da funçao pública, nomeadamente das finanças, que ganhando 2.000 euros em inicio de carreira, andam endiabrados e insatisfeitos, não sei com o quê.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...