segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Dispensa parcial da prova de avaliação

Professores com cinco ou mais anos de serviço dispensados da prova de avaliação 

Comentário: De acordo com as últimas informações, Nuno Crato terá aceitado dispensar da prova de conhecimentos e capacidades, os colegas com cinco ou mais ano de tempo de serviço (tempo de serviço obtido enquanto resultado de contratos sucessivos ou intercalados e de horários completos ou incompletos).

Vitória parcial... Se é que podemos chamar de vitória à manutenção de uma prova que não faz qualquer sentido. Nenhum colega contratado deveria concretizar esta prova. 

Mais uma vez, o MEC faz aquilo que de melhor sabe: dividir para reinar. E encontra sempre parceiros deste lado da "barricada" para conseguir os seus objetivos.

36 comentários:

  1. Só dividiu porque um sindicato o permitiu! Digo eu... Bem faço eu em não ser sindicalizada. Uns são filhos e outros são enteados.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite
    Para efeitos desta prova anómala, também é contado o tempo de serviço antes da profissionalização?
    Obrigado

    ResponderEliminar
  3. Este é mais um motivo para nos unirmos! Apesar de estar nas condições de ser dispensada, discordo totalmente desta prova, muitos colegas têm tido o azar de nunca poder renovar, enquanto outros nasceram com o rabinho virado para o sol.Temos de nos unir nesta luta que continua a ser de todos!

    ResponderEliminar
  4. Mais uma vez se confirma aquilo que digo, temos sindicatos que não servem para nada e que só contribuem para uma desuniao dentro da classe de professores e que estão só preocupados com os próprios interesses.

    como é possível um sindicato concordar com uma forma clara de discriminação.

    Ora qual o critério de selecção para 5 anos, porque não 4? ou 6?

    Claramente alguma alma iluminada disse 5 e ficou assim!

    Parabéns sindicatos para vossa total falta de competência, seriedade e respeito pela classe de onde fazem parte!

    Vergonhosa a vossa atitude! Mais ainda que a do governo.

    ResponderEliminar
  5. TRAIDORES, VENDIDOS, INCOMPETENTES

    Agora há contratados de primeira e de segunda?

    Os palhaços da FNE deviam ter vergonha.

    ResponderEliminar
  6. sim ,vergonhoso.

    para terem 5 anos de serviço,andam lá já há muitos,muitos anos....ou são dos bafejados pela sorte ou pelas simpaticas reconduções.

    ResponderEliminar
  7. Então mas e quem pagou para fazer a prova, como é?

    ResponderEliminar
  8. Boa noite
    Necessito de ajuda, tenho 24 anos de serviço mas só 2 como profissionalizado.Será que fiquei dispensado da prova?
    ajudem-me por favor
    rodrigues

    ResponderEliminar
  9. Colegas também não concordo com este limite de 5 anos, mas não andei a lamber as botas de ninguém e tive a SORTE de consegui ficar 4 anos na mesma escola!
    As ninhas dúvidas são: o tempo de serviço é até 31/08/2013? E o tempo antes de profissionalizado conta?
    Obrigado, e devemos manter-nos unidos.
    Elsa Fernandes

    ResponderEliminar
  10. Agora, é um prova para quem não tem 5 anos de ensino; depois, virá uma prova para quem quiser efetivar; depois, uma prova para subir de escalão ... Por aí fora, é só puxar pela imaginação!

    ResponderEliminar
  11. o tempo é validado até 31-08-12 mas confirme com o sindicato

    ResponderEliminar
  12. E quem trabalhou 7 anos no privado?

    ResponderEliminar
  13. Fui fiel a mim própria e não me inscrevi!!! Fui dos pouquíssimos mil que não se inscreveu! E venci parcialmente porque como tenho mais de 5 anos de serviço, fico agora dispensada. Mas não venci totalmente porque os meus colegas com menos de 5 anos continuam obrigados a realizá-la.
    Se ninguém se tivesse inscrito e tivesse sido fiel às suas convicções, provavelmente agora estariam as coisas mais homogéneas....

    ResponderEliminar
  14. a luta dos profs deve manter-se.
    isto é a destruição da escola publica....vão lixando os mesmos.
    tantos profs aposentados e tanta gente no desemprego,como se justifica??'
    dividir para reinar.

    ResponderEliminar
  15. E agora devolvem os 20 euros?

    SusanaR

    ResponderEliminar
  16. tenho 1812 dias de serviço em 10 anos de profissional.
    1812/365=4,96
    lá vou ter que fazer a prova?! se arredondassem com alguns institutos fazem na média de curso ficava com 5 anos e estava dispensado. isso quer dizer que o Crato continua a adorar "contas"

    ResponderEliminar
  17. E...falando do período probatório, em que ficamos???? Metidos num longo e árduo trabalho, que ainda não percebi o objetivo pois estágio já fiz muitos para poder estar a dar aulas.

    ResponderEliminar
  18. Telefonem ao Arlindo que ele explica como se trai os professorzecos!

    ResponderEliminar
  19. Foi a primeira ideia que me veio à cabeça... dividir para reinar! O grande problema é que vai conseguir :(
    Nunca se pode canta vitória enquanto houver 1 professor a ser sujeito a este disparate de prova!

    ResponderEliminar
  20. E incrivel como se brinca com a vida dos outros. O Crato da o dito pelo nao dito (afinal quem tem mais de cinco anos e competente, os outros vao ser postos a prova), os sindicatos mostram incoerencia (afinal nao lhes cabe defender todos os professores? -ou so defendem professores com mais de cinco anos?). Sao todos uns palhaços. Estou farta desta gente sem cabeça e principios. Tenham vergonha e nao brinquem com a vida de quem se dedicou ao ensino. Tenho quase cinco anos de serviço mas andei la uma decada, de escola em escola.

    ResponderEliminar
  21. Isto tem algum cabimento? A cada dia que passa , é só filmes de terror, vampiros, e patetice de toda a ordem!! Espero que, rapidamente, o juízo prevaleça e o respeito apareça!!

    ResponderEliminar
  22. Estou abrangido pela medida mas não estou feliz. É com grande tristeza que vejo onde podemos chegar e como somos conduzidos. Está mais do que claro que este ministério (!!!) faz tudo em cima do joelho: adia prazos, não ouve professores, faz e refaz sem pensar nas pessoas, não planifica cuidadosamente (veja-se os problemas com os pagamentos), quer apresentar trabalho a qualquer preço, enfim, parece o tipo que vai na autoestrada e diz: "está tudo doido! vêem todos em sentido contrário!". Demita-se senhor Ministro. DEMITA-SE!

    ResponderEliminar


  23. Que sorte colegas!!!a prova não se realizar, mais de metade chumbava

    ResponderEliminar

  24. estavam cagadinhos de medo de realizar a prova, nota-se que não sabem nada, a prova é a escola pública estar na cauda das classificações

    ResponderEliminar
  25. vergonha nacional, não percebo como alguns ainda ficam contentes com esta noticia.

    somos mesmo um grupo muito fraquinho....

    se isto fosse com os médicos.....

    ResponderEliminar
  26. vivemos num pais pior do que a ditadura isto é duma vergonha que nem se consegue descrever com palavras
    Sinceramente ninguém devia fazer esta prova
    Espero que até lá tenham consciência e acabem duma vez com esta palhaçada

    ResponderEliminar
  27. Mas quem tem 5 anos de serviço agora lambe botas?? RESABIADOS! Apesar de ter bem mais de 5 anos de serviço (sem lamber botas e afins) não fico feliz com esta medida. A prova devia ser extinta e ponto. Ataquem quem devem atacar e não os colegas! Primeiro viraram-se contra os professores do quadro (inveja, muita inveja) e agora contra os contratados que têm 5 ou mais anos de serviço, muitas vezes longe de casa enquanto que para outros 5 kms já é muito longe...

    ResponderEliminar
  28. O erro aqui foi sindical... Não se virem uns contra os outros!

    ResponderEliminar


  29. Fantástico!!!!!!!!!!!!!grande medida

    Assim é muito mais justo

    Estou livre da prova, tenho 5,5 anos de serviço

    Agora os outros que se amanhem

    Se forem excluídos alguns pode ser benéfico para mim e outros com mais anos de serviço

    Obrigado Sindicatos e parabéns



    ResponderEliminar
  30. Arlindo, contínuo com uma dúvida. Tenho bastante mais do que cinco anos nos meus grupos de origem. No entanto, concluí a especialização no grupo 910 há cerca de duas semanas. No que respeita à prova, inscrevi-me nos 3 grupos para os quais possuo habilitação. Foi validada ontem e, agora, tenho até dia 6 de dezembro para pagar 50 €… Sei que estou dispensada nos grupos de origem… E no grupo 910, no qual sou especializada, mas ainda sem tempo de serviço após a profissionalização?

    ResponderEliminar
  31. Correção: Ricardo, contínuo com uma dúvida. Tenho bastante mais do que cinco anos nos meus grupos de origem. No entanto, concluí a especialização no grupo 910 há cerca de duas semanas. No que respeita à prova, inscrevi-me nos 3 grupos para os quais possuo habilitação. Foi validada ontem e, agora, tenho até dia 6 de dezembro para pagar 50 €… Sei que estou dispensada nos grupos de origem… E no grupo 910, no qual sou especializada, mas ainda sem tempo de serviço após a profissionalização?

    ResponderEliminar
  32. Se uma prova após a conclusão da licenciatura possa ser defensável, nestas condições só a ideia da prova em si é indigna. Por estas e por outras é que continuo por me sindicalizar. Então agora sou professora de 2ª (mais de 5anos), os colegas dos quadros são de 1ª - mesma aqui há 1ª A e 1ªB) e os que tem menos de 5anos são de 3ª?

    ResponderEliminar
  33. É uma vergonha que haja professores contentes com esta negociata. Mesmo quem pensa que se safou agora, espere que já o tramam na próxima. E depois??? Vão querer o apoio dos colegas, não é?
    A FNE é uma vergonha. Papa tudo o que he dão. Parece um cãozinho a comer na mão do dono...

    ResponderEliminar
  34. Será que ainda não viram que desde o início de todo este processo, que a única preocupação do Ministério é que a prova seja realizada, nem que sejam só 10 "desgraçados", para que se abra o precedente para estender a prova aos efetivos??? Sim, porque os contratados não são difíceis de descartar... já os efetivos, nada melhor que "chumbá-los" numa prova para que estes percam vinculo à função pública, principalmente os que estão com horário zero e afins, que serão bastantes dentro de poucos anos devido à diminuição de alunos nas escolas do Estado e com o aumento dos alunos por turma.

    ResponderEliminar


  35. Não se desculpem colegas!a prova é justissima, parabéns a FNE

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...