segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Boicote virtual?

Professores apelam ao boicote às provas nas redes sociais 

Comentário: Começo por dizer que sou contra esta prova de conhecimentos e capacidades... Dito isto, fica a preocupação: considero arriscado este tipo de mobilização virtual, porque já ocorreram outras (com outros objetos de contestação) e os resultados costumam ser sofríveis. 

Somos demasiados... E acima de tudo, não somos unidos.

O boicote poderia ser relevante, mas com grandes níveis de adesão... e eventualmente acompanhados por um greve de pessoal docente dos quadros (seria uma greve que pessoalmente me mobilizaria e à qual não tenho qualquer dúvida em afirmar que seria dos primeiros a aderir). De outra forma, não fazer a prova terá um impacte similar a nada (bem... pelo menos do ponto de vista coletivo) e constituirá um mero "grito" de revolta acompanhado de consequências concursais.

No entanto, quero acreditar que as ações cautelares interpostas pelos nossos sindicatos tenham resultados práticos e que esta prova da treta seja adiada até novo governo.


1 comentário:

  1. Há uma coisa que não entendo.
    Uma pessoa que vá lá e chumbe, que tenha 5 ou mais anos de serviço pode-se concorrer.

    Mas se essa mesma pessoa não for lá, chumba na mesma, mas já não pode concorrer?

    É mesmo assim?

    Independentemente disso, quem se rege por princípios e não gosta de se sentir humilhado, faz como eu, não põe lá os pés.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...