terça-feira, 17 de setembro de 2013

Definitivamente... somos uns privilegiados

Típica Tarde de Férias  

Comentário: Li há uns bons dias atrás aquilo que a nossa colega "Gotinha" escreveu no seu blogue aquando da publicitação das listas da mobilidade interna... Não consegui comentar. E na altura, também não consegui divulgar aqui no blogue. Creio que com receio daquilo que alguns supostos colegas pudessem vir a escrever.

Adiante.

Agora que já passaram alguns dias, creio que a partilha daquilo que a colega escreveu é necessária e essencial para quem nos considera uma classe privilegiada. Bem sei que para esses, nada do que se escreva ou se diga os levará a refletir o que quer que seja, no entanto, fica o registo.

Existem outros registos, outras situações pessoais, familiares e contratuais... No entanto, serão poucos aqueles que neste (e em outros) concurso de professores não se identificam com o acréscimo de precariedade a que a nossa classe tem sido sujeita.

4 comentários:

  1. nao precisa de ter receio porque é algo totalmente normal... a serio,é triste ver estas coisas, eu fico triste porque a vida podia ser bem diferente...

    http://adoninhafedorenta.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Ricardo,
    deixa um nó ainda maior quando a perspetiva são 4 anos.

    Fui reler o meu post e a angústia que senti nessa tarde continua bem viva.

    Obrigada pelo teu post.

    ResponderEliminar
  3. Sei o que sente, pois eu estou na mesma situação. Eu e o filho (6 anos) estamos em Lisboa e o marido no Distrito de Bragança...

    ResponderEliminar
  4. Bem sei como custa: tive de deixar os filhos e o marido e ainda ontem vivi a "típica tarde de férias" da gotinha. Custa tanto!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...