quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Desabafo concursal...

Embora em teoria as listas de colocação através de Mobilidade Interna possam ser publicitadas a qualquer hora ou dia, não acredito que as mesmas ainda surjam durante este dia. 

Estou realmente convicto que as listas em causa apenas deverão ser divulgadas amanhã.... 

"E a que horas?", é a questão que se impõe. 

A resposta não a sei... Infelizmente... Apenas sei que estou a prever ligar-me à internet por volta das 8:45h e a partir daí logo se verá.

Para terminar, apenas isto: peço-vos para terem alguma paciência para com aqueles que, dotados de menor capacidade de resistência ao stress ou com algum défice de educação e formação, insistem em transformar aquilo que já é penoso em algo quase insuportável. Nestas alturas (publicitação de listas de concursos) já é tradição aparecerem os "tolos" a quererem um pouco mais de atenção.

13 comentários:

  1. Se forem como as dos anos anteriores (onde é principalmente para os contratados) a DGAE gosta de publicar para perto do final do horário de expediente!

    ResponderEliminar
  2. Esta espera é mesmo desesperante!!!Boa sorte para todos.

    Márcia Rodrigues

    ResponderEliminar
  3. Mais um ano e a história repete-se... Computador o dia inteiro ligado e, volta meia-volta, "F5". Ainda não estão disponíveis... vou fazer qualquer coisa a ver se me distraio... Outra passagem pelo computador e novo clique na "F5"... Prometo que agora vou deixar passar duas horas... mas não consigo. Hoje valeu a trovoada que por aqui passou, com valente carga de água para distrair um pouco... sou um apaixonado pela meteorologia! E um pensamento: oxalá fosse no Norte para ajudar a apagar os incêndios. E de novo a chama das listas chama-me ao computador...
    Agora vou para a rua sentir o fresco e o cheiro a terra molhada... E prometo a mim mesmo não voltar ao computador... assim seja!

    Boa sorte a todos

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Um verdadeiro milagre, esta eficiência...

    A Escola Superior de Desporto de Rio Maior cujo custo em 23 de Março de 2011, antes de concluída, já ascendia aos 18 milhões de euros…

    http://videos.sapo.ao/Z8RBcTU8gvd36nQeTpMf

    Foi inaugurada pelo Sr. Ministro da Educação, Prof. Nuno Crato, em 24 Maio de 2013, com um custo anunciado de cerca 13,5 milhões de euros!

    http://www.youtube.com/watch?v=_epZTM5R1Io

    http://www.oribatejo.pt/15-anos-depois-a-escola-de-desporto-de-rio-maior-chegou-a-casa-videos/

    Uma tragédia, sem dúvida, para as finanças públicas, ou seja, para nós; pena é que o ridículo não pague imposto… pelo alívio que dessa cobrança adviria para as famílias portuguesas. As mesmas que fazem as delícias do discurso político deste Governo, sempre predisposto a cortar o poder de compra, e a confundir direitos fundamentais com regalias…

    ResponderEliminar
  6. Ora Ricardo...nem acrescento um ponto mais ao desabafo concursal. 4 anos depois de ter batido a noite...deixei-me de tretas e stress! Vim desanuviar..tratar de visitar amigos...uma boa jeropiga...risos e falar de algo que não seja escola. E pronto...agora cama...e amanhã seja o que deus quiser!
    Abraço e continuação de bom trabalho!

    ResponderEliminar
  7. Os tolos/tolas fazem parte da nossa profissão. Temos de os gramar!

    ResponderEliminar
  8. Será que não é tempo para agir…?

    O anterior Ministro com a Tutela do Ensino Superior, Sr. Prof. Mariano Gago, em entrevista ao Expresso, publicada no 1º Caderno, pp. 14-15, na edição de 18/4/2009, assegurou que as garantias de transparência nos concursos nas carreiras docentes do ensino superior eram impostas, pela primeira vez, de forma muito exigente nos estatutos.

    De alguma forma, o Governo assim fez ao estabelecer na lei a nulidade dos concursos de recrutamento de docentes, no ensino politécnico e universitário, que não contenham nos editais os critérios de selecção e seriação dos candidatos.

    O artigo 29º-B, n.º 2 e nº 3, do Estatuto da Carreira Docente do Ensino Superior Politécnico, e o artigo 62º-A, n.º 2 e n.º 3, do Estatuto da Carreira Docente Universitária, nas redacções respectivamente dadas pelo DL n.º 207/2009 e pelo DL n.º 205/2009, ambos de 31/8, que cominam a sobredita nulidade, entraram em vigor em 1 de Setembro de 2009.

    Basta tão só comparar editais de recrutamento de docentes para ensino superior público para o leitor poder aperceber-se quais os editais em que constam os critérios de selecção e seriação dos candidatos e os editais em que não constam os critérios de seriação dos candidatos que deles deviam de constar.

    Em apreço estão os concursos para o recrutamento de docentes para a carreira do ensino superior politécnico público, alguns deles para a nova categoria, criada pelo DL n.º 207/2009 de 31/8, de Professor Coordenador Principal, com vencimento equivalente ao de Professor Catedrático, cujos editais se encontram plasmados na 2ª Série do Diário da República, desde 1 de Setembro de 2009, e em que, com os critérios de selecção e seriação dos candidatos constantes dos editais, é insusceptível ordenarem-se dois candidatos…

    Insanável, a nulidade é arguível a todo o tempo.

    As autoridades administrativas podem, a todo o tempo, declarar a nulidade, bem como qualquer Tribunal.

    Será que não é tempo para o Ministro da Educação, com a Tutela do Ensino Superior, Sr. Prof. Nuno Crato, agir…?


    ResponderEliminar
  9. Seguindo a tradição as listas só vão ser publicadas às 18.30, que é para o pessoal só se poder apresentar na segunda.

    ResponderEliminar
  10. Colega sabe se é na segunda ou dá até à terça? as 72 horas são em dias uteis ou não?

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  12. Maria, pelas informações que tenho é até dia 4 de setembro, mas é melhor confirmar.

    ResponderEliminar
  13. É gente que nunca teve de passar por esta ansiedade extrema; ou então esqueceu-se depressa...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...