quinta-feira, 6 de junho de 2013

"Texto a usar em caso de adiamento de Reunião de Avaliação"

Coloco de seguida um texto que os colegas poderão utilizar na eventualidade de a reunião de avaliação não se concretizar por motivo de greve de um ou mais colegas (se se organizarem bem, bastará um fazer greve), e que furtei do blogue da Anabela Magalhães (aqui): 

"A reunião foi adiada, por se ter verificado a ausência imprevista da(o) docente da disciplina de ____________, o que, nos termos do disposto no n.º 3 do artigo 15.º do Despacho normativo n.º 24-A/2012 [para o Ensino Básico] / nos termos do disposto no n.º 3 do artigo 19.º da Portaria n.º 243/2012, de 10 de agosto [para o Ensino Secundário], obriga ao adiamento da reunião e a uma nova convocatória da mesma no prazo máximo de 48 horas. Deste facto foi de imediato dado conhecimento à Direção / à Comissão Administrativa Provisória."

Bastante útil...

8 comentários:

  1. As questões levantadas são muito pertinentes, mas, de facto, ainda há gente que se acha intocável, por serem os mais velhos ou os primeiros das listas. Certo é que também não ouço uma palavra a propósito dos professores contratados, que são muitos e com 10, 15 e 20 anos de serviço que não foram colocados na vinculação extraordinária, que foi um faz de conta. Eu tenho 20 anos de serviço e sou contratada.

    ResponderEliminar
  2. Colegas, felizmente, na minha escola, todos se juntaram na luta pela mesma causa...mas, curioso, houve um ou dois colegas que se esconderam atrás do número reduzido de horas que possuem, apesar de termos organizado o fundo de maneio e, para o escalonamento, se terem oferecido outros colegas contratados nas mesmas ou em piores condições.
    Pensemos positivo! Pensemos naqueles que estão acordados!
    Isabel

    ResponderEliminar
  3. De facto, a discussão contratados/quadros é triste! Também eu já fui contratado e colegas meus também fizeram greve, apesar de não lhes dizer, diretamente, respeito. Depois de entrar no quadro, sempre lutei por colegas que se encontravam nessa situação vergonhosa de contratados.
    Agora vem para aqui um senhor disparar para todos os lados, desde que acerte nos professores do quadro. Meu amigo, com 20 anos de serviço, vi-me, este ano, com horário zero. Felizmente consegui uma colocação, substituindo, por dois meses, uma colega. Entrei, depois para um novo TEIP (era o primeiro da bolsa de recrutamento!!). Tristes palavras as suas. De certeza que ser professor é o que quer, ou quer somente um emprego?

    ResponderEliminar
  4. Na "minha" escola, estamos todos unidos e, rotativamente, vamos faltando às reuniões. Estou orgulhosa de, finalmente, ver os colegas unidos.

    ResponderEliminar
  5. Na minha escola houve zero reuniões!

    Fico desiludida com estes "bate-bocas" entre contratados e efetivos! Poupem-nos!!!!! Guardem os rancores para vós!!!!
    Haja paciência!

    Ninia

    ResponderEliminar
  6. Muito útil...obrigada.

    Quanto ao « Anónimo» como não sei o seu nome não merece resposta.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...