terça-feira, 2 de abril de 2013

Processo de formação dos mega-agrupamentos terminou

Constituição de mega-agrupamentos chega ao fim com mais 18 novas unidades  

Comentário: Terminou... É como diz Nuno Crato, não existem afirmações para todo o sempre. Aquilo que agora (aparentemente) terminou, poderá sofrer evolução para agrupamentos de âmbito distrital, e porque não escrevê-lo regional.

Os mega-agrupamentos serviram acima de tudo para espremer necessidades a nível de pessoal... Em termos pedagógicos, em questões de identidade e mesmo de autonomia, é minha convicção que em muitas situações (eventualmente a maior parte) o panorama educativo piorou. E se acham que no futuro isto poderá  evoluir para uma desagregação de "megas", desenganem-se. Esta é uma medida economicista que dificilmente terá volta.

4 comentários:

  1. Terminou? Duvido muito disso. Pode ter terminado nestes moldes, mas outros ainda piores aparecerão.
    Na minha opinião, os mega agrupamentos não têm nada de positivo.

    ResponderEliminar
  2. Em relação a esta notícia, o ministro mentiu novamente pois há escolas que não foram agrupadas (no Algarve há pelo menos 3 escolas que não mega-agruparam), por isso prevê-se que as "juntem" aos mega-agrupamentos existentes e criem giga-agrupamentos.

    ResponderEliminar
  3. Mas alguém ainda acredita neste MEC ou neste ministro?! Seria um erro Crato, perdão, crasso.

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que as divisões das escolas pelso mega agrupamentos não foram as mais corretas e nãos e tiveram em atenção vários fatores. Pensoq ue a agirmos assim sem analisarmos as devidas consequências vamos destruir o que funciona bem. Eu estou contra a desagregação da escola do meu filho do agrupamento a que pertence...achoq ue os devem ouvir e repensar esta estratégia. É um apelo oiçam-nos e definam estratégias coerentes e que não prejudiquem o bom funcionamneto das Instituições, nem as nossas crianças....

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...