segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Revisão da Estrutura Curricular (Tabelas comparativas)

O documento com proposta de revisão da estrutura curricular, pode ser descarregada se clicarem aqui. Para já, deixo-vos com as tabelas (cliquem para ampliar).

40 comentários:

  1. alteração do modelo de desdobramento de aulas nas ciências experimentais do 3.ºciclo, através de uma alternância entre as disciplinas de Ciências Naturais e de
    Físico-Química;

    Objetivamente, o que é que isto quer dizer?

    ResponderEliminar
  2. Higgs... também não entendo!!!

    ResponderEliminar
  3. Os pressupostos são todos muito bonitos…faz-me lembrar os pressupostos do “Documento Verde”. Na prática é a redução da carga lectiva no básico e no secundário, francês quase aniquilado, importância das disciplinas da criatividade e expressão reduzida. A hipotética atribuição de mais horas a História e Geografia é retirada no Secundário (como disciplinas opcionais no 12º ano). Resumindo, mais desemprego na classe docente e pior escolaridade para as classes sociais que não têm possibilidade de terem actividades extra escola.

    ResponderEliminar
  4. no fundo, mais 45 m para a História e outros tantos para a Geografia... enfim... pouca coisa

    ResponderEliminar
  5. Higgs,

    presumo que no 7º e 8º se aplique o sistema de CFQ 9º ano, 45 min a turma junta e os restantes 90 min em desdobramento com ciências

    ResponderEliminar
  6. Para Leça F. C.:
    Francês quase iniquilido? Não me parece que haja grandes alterações ao nível do Francês, uma vez que, na prática, já só existia no 3º ciclo (e pode continuar a existir).

    ResponderEliminar
  7. Vou levar as tabelas para o meu blogue e fazer link para aqui. Obrigada, Ricardo!

    ResponderEliminar
  8. Para Bosão de Higgs: Também gostava de compreender essa alternância de desdobramento.

    ResponderEliminar
  9. Para Anabela Magalhães: Estás à vontade... :)

    ResponderEliminar
  10. Ricardo, achas que o tal desdobramento pode ser aquilo que o anónimo das 6:22 refere? Tens, ou alguém tem, ideia do que possa ser?

    ResponderEliminar
  11. Relativamente ao francês basta ter conhecimento das eb2/3 para se verificar que apesar de serem em muito menor número havia sempre 1/2 turmas (escolas dimensão razoável) com esta opção.
    NOTA: Não sou professor de Francês

    ResponderEliminar
  12. A minha leitura é a seguinte:
    1 bloco semanal com a turma toda em cada disciplina e 1 bloco com meia turma que vai alternando (tendo em conta o que acontece hoje em dia e aconteceu no passado, a alternância poderá ser semanal, o mais lógico, ou semestral).
    Digo-vos dá que isso não só não vai dar nenhum ganho em termos de horários, como vai levar à perda de 1 tempo no 9º ano(aquele tempo "pendurado" que existe atualmente). Na minha escola isso significa a perda de 0,5 tempo por turma nos dois grupos (esse tempo é dado aos dois grupos, com alternância semanal)

    ResponderEliminar
  13. Advogado... não consigo compreender a lógica 90 minutos com todos e 90 minutos alternados?? como meia turma então há metade da turma que fica com 90 minutos desdobrados 1º semestre com ciencias e no 2º com fisico química???? é isso????

    ResponderEliminar
  14. Aviso já, não respondo a anónimos.
    Se querem resposta, identifiquem-se, nem que seja com um nick.

    ResponderEliminar
  15. CFQ e CN passam de 4 tempos de 45 min para 6 tempos de 45 min.
    Será 2 tempos de 45 min com a turma completa para CFQ (o mesmo se aplica a CN) e 1 tempo de 45 min em desdobramento?
    No total dá para cada prof 2 + 2 tempos?
    Se assim for é igual ao que existia na maioria das escolas, pois havia dois tempos de 45 min para CFQ e outros 2 tempos de 45 min para CN, o que na prática significava 4 tempos para os professores.

    ResponderEliminar
  16. Bosão de Higgs
    Falta aquele tempo do 9º ano. Se reparar, para os professores, ele desaparece. Ou seja, perde 1 tempo. Qual o grupo que perdem vai depender de como ele é usado em cada escola.

    ResponderEliminar
  17. Mas se a ideia era aumentar a carga horária isso não acontece com a leitura acima.
    Dos 6 tempos, 3+3, será que não são todos desdobrados? Se forem, implica aumento das horas para os profs.
    O que achas Advogado?

    ResponderEliminar
  18. Bosão de Higgs e Advogado do Diabo:
    Acho que têm ambos razão. Não deve alterar nada em termos de nº de horas para profs. Em todas as escolas onde estive, o meio bloco do 9º era sempre para FQ, logo par mim, que sou de CN, não deve alterar nada.
    Temos de aguardar para ver se temos razão.
    Fiquem bem.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  19. Bosão de Higgs
    A carga horária dos alunos aumenta. Aqui não há duvidas.
    Quanto aos professores, acho que está a sonhar. Não se esqueça que ele falam em "alteração do modelo de desdobramento de aulas nas ciências experimentais do 3.º
    ciclo, através de uma alternância entre as disciplinas de Ciências Naturais e de
    Física". A sua ideia de 3 + 3 totalmente desdobrado não permite as 6 horas semanais para os alunos com o desdobramento com alternância.

    ResponderEliminar
  20. Boa noite.
    Pela leitura que fiz a disciplina de Educação Visual no 9ºano passa a ser obrigatória, certo?
    Actualmente os alunos podem optar entre a Oferta de Escola, E.T. ou E.V.
    Se assim for parece-me uma proposta positiva. Essa alteração foi também feita nos Açores na última revisão curricular.

    ResponderEliminar
  21. A sua (tua) ideia de 3 + 3 totalmente desdobrado não permite as 6 horas semanais para os alunos com o desdobramento com alternância.
    E não permite porquê?

    ResponderEliminar
  22. Bosão de higgs
    3+3 com desdobramento alternado significa que a carga horária dos alunos é de 3 tempos semanais e não de 6 tempos.
    O desdobramento alternado significa que naquela semana os alunos terão 1 das disciplinas.
    A sua ideia seria com o desdobramento actual. Não é isso que está na proposta.
    Não se esqueça que aquelas tabelas dizem respeito à carga horária semanal dos alunos.

    ResponderEliminar
  23. Olá Colegas!
    Já fiz o comentário no post +recente, mas aqui fica também (que vem reforçar o que o Advogado diz):
    Quanto ao desdobramento no 3º ciclo: tenho uma teoria - desdobramento "quinzenal"?!? Do género: aparece no horário CN/CFQ; na semanaX os alunos têm CN (e o colega de CFQ tem Tempo Estabelecimento), na semanaY trocam e na semanaZ têm os dois a mesma turma em turnos de 45 min... Mas isto é pura TEORIA minha.. Assim dá os 6tempos no horário dos alunos. FELIZ NATAL a todos! ;)

    ResponderEliminar
  24. Espero mesmo que apareça um esclarecimento oficial, caso contrário, vamos ter discussão até para o ano. ;)

    ResponderEliminar
  25. 1 tempo ou 2 a mais mas ganha-se o mesmo.Ficam com mais horas mas não se ganha mais por isso.
    Não será?
    M&M

    ResponderEliminar
  26. 1 tempo ou 2 a mais mas ganha-se o mesmo.Ficam com mais horas mas não se ganha mais por isso.
    Não será?
    M&M

    ResponderEliminar
  27. Não é possível que os alunos tenham um bloco de 90min desdobrado e um de 45min juntos.? o que daria 5tempos de 45min para o docente.!!

    Ou até as disciplinas serem semestrais.!!

    ResponderEliminar
  28. Telma.. é realmente o que me parece mais lógico. Não vejo como possa ser uma organização semestral destas disciplinas (CFQ/CN) com currículos exigentes. Apesar de um aumento de carga horária os alunos iam levar matéria de injeção em cada semestre.

    ResponderEliminar
  29. Telma,
    Quantos tempos para os alunos?
    Não se esqueça da questão dos turnos alternados, que também está na proposta.
    A sua proposta, para os alunos, é 2 tempos desdobrados (numa das disciplinas, a tal conversa do turnos alternados) + 1 tempo para CN + 1 tempo para CFQ = 4 tempos.
    Faltam dois tempos.

    ResponderEliminar
  30. na minha escola é 90 + 45 minutos. Agora són ficam 90 minutos para musica? será assim??

    ResponderEliminar
  31. ainda não entendi a situação das tic como fica, alguém pode esclarecer?

    ResponderEliminar
  32. Advogado do Diabo

    Depois da leitura dos seus comentários parece-me que a sua hipótese é a que mais possibilidades tem de estar correcta, de acordo com a política de contenção de despesas. Segundo percebi, será assim:

    Semana I:
    1 bloco com a turma toda e um bloco com metade da turma a ciências (a outra metade estará em CFQ)

    Semana II
    1 bloco com a turma toda e um bloco com a outra metade da turma a CFQ. A metade que teve CFQ na semana anterior estará com CNA.

    Deste modo os professores não ganham horas nenhumas com os turnos como acontece actualmente. É assim?

    Só tenho uma dúvida que contradiz aquilo que está na estrutura curricular proposta. Deste modo os alunos não terão sempre 3 tempos semanais de cada uma das disciplinas. Numa semana terão mais CFQ e na semana seguinte terão mais CNA. De qualquer forma a gestão da distribuição cabe ao agrupamento e não tem de ser equitativa e, no final do ano/período, o número de aulas previstas para cada disciplina manter-se-á.

    Deste modo, apesar de se ter aumentado a carga horária das disciplinas, na prática corresponde a uma diminuição para os professores.

    ResponderEliminar
  33. Andarilho

    Infelizmente também me parece que possa ser essa a opção mais provável. Tendo em conta o orçamento. No caso das CN e CFQ levamos a machadada nos turnos - menos 1 tempo por turma; ainda na 2ª opção do secundário - 7 tempos; num dos tempos da 1ª opção que passa de 7 para 6 e como todos os outros na FC. Para o ano vai ser bonito vai...

    ResponderEliminar
  34. Andarilho e Olga:

    A vossa ideia não me parece correta. Não me parece que uns alunos tenham mais de uma disciplina e na semana seguinte, mais de outra. Se assim fosse, quando estivessemos com a turma toda, já teríamos tido mais uma aula com um turno do que com o outro e nem seria possível numarar lição...
    A mim parece-me que são 90 min com a turma toda e 45min em desdobramento ou então o contrário, 90 min em desdobramento e 45 com a turma toda. Esta última ideia parece-me a mais lógica mas não acredito que assim seja, uma vez que este minístro gosta de "fazer mais com menos".
    De qualquer uma destas formas, todos os alunos estão a par e têm 3 aulas de CN e 3 aulas de CFQ por semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  35. Híbrida

    Espero que tenha razão. Mas acho que era importante clarificar esta situação durante o debate público. É relevante saber se os alunos irão ter 90 ou 45 minutos em desdobramento. Porque na minha opinião, de forma a realizar as actividades de forma correcta teriam de ser 90 minutos. Sei que há escolas em que são apenas 45, mas alguns dos casos é notoriamente insuficiente. Dou como exemplo a actividade de extracção de ADN do 9ºano, que é impossível de realizar em 45 minutos.
    Por outro lado, estou muito preocupada com a possibilidade da redução de 1 tempo por turma no 3º ciclo. A somar à perda do 12º ano. Vão ser centenas de horários à vida.

    ResponderEliminar
  36. Pois também eu espero que tenhas razão. Também concordo com a Olga quando diz que seria importante clarificar esta situação para ver se ainda se pode reverter, se for o caso.

    Um dos problemas que se levanta em relação ao que comentei, é também a situação de se ver comprometida a continuidade de conteúdos dentro de cada turma. Deste modo, quando os alunos estivessem todos juntos, haveria alunos mais avançados na matéria do que outros. Simplesmente porque já teriam tido uma aula a mais em turnos do que outros, que só a iriam ter na semana seguinte. Parece-me um pouco inviável, embora acredite que quem pensou nisso não se lembrou deste tipo de pormenores. Lembraram-se de outros, mais economicistas...

    ResponderEliminar
  37. advogado do diabo eu tentei não pensar no alternado.

    Se um aluno tiver um bloco de 90 em turno e um tempo de 45min com a turma junta, tudo dá 3 tempos a CFQ. seria igual para CN. o que daria 6 tempos para os alunos.

    Para os prodessores uma turma daria 5 tempos de 45. porque para a mesma turma teriamos dois blocos de 90 e um de 45.

    Mas isto tudo sem haver a alternância com CN.!! No meu entender a alternância possivel será com disciplinas semestrais.

    ResponderEliminar
  38. Já agora, porquê continuar com
    PIEF(s), CEF(s), PCA (s)? são autênticos caixotes de lixo que sorvem um dinheirão ao país.
    Aproveitem-se escolas abandonadas para novas prisões (aqueles alunos têm que ir para algum lado, não podem ficar à rédea solta a semear o cais social)com campos adjacentes onde se faça agricultura.

    Reaplique-se a reprovação automática e instantânea por ultrapassagem do limite de faltas injustificadas

    ResponderEliminar
  39. Olá, Ricardo!
    Levei o post para o meu perfil de facebook. Obrigada.

    ResponderEliminar
  40. Olá Boa tarde . . .o que vai acontecer aos professores de EVT e de E.T.?

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...