terça-feira, 29 de março de 2011

Um "tiro nos pés"


Suspensão da avaliação dos professores foi aprovada mas ainda não tem efeitos

Comentário: As palavras têm origem no nosso glorioso e inventivo "Primeiro Sindicalista":

"Os procedimentos de avaliação dos professores actualmente em curso só cessam quando for publicada, em Diário da República, a lei que revoga o decreto que regulamenta o actual modelo. Até lá, afirma o secretário-geral da Federação Nacional dos Professores, Mário Nogueira, os docentes poderão continuar a ser avaliados nos moldes estabelecidos pelo diploma aprovado no ano passado, nomeadamente no que respeita à observação de aulas."

O esclarecimento é verdadeiro, convém que seja conhecido, no entanto, poderá servir de argumento para algo mais. Para além disso, em nada contribui para acalmar o tremendo nervosísmo de muitos colegas que agendaram aulas observadas para estas duas últimas semanas do 2.º período lectivo. Como tal, profundamente desnecessário, mais ainda quando ainda hoje foi colocado um esclarecimento no sítio da FENPROF onde esta "informação" foi omitida. Omitido foi também outro esclarecimento algo "iluminado":

"Tanto Mário Nogueira como Dias da Silva, da Federação Nacional dos Sindicatos da Educação, sustentam que o que já foi feito, no âmbito da avaliação, não é para deitar fora. Os dirigentes sindicais aconselham os docentes, sobretudo os que tiveram aulas assistidas, a referir estas actividades no relatório que apresentarem."

2 comentários:

  1. Ricardo,
    Ainda não tem efeitos, e mesmo que venha a ter, duvido que haja ADD!
    Senão repara:
    http://educaraeducacao.blogspot.com/2011/03/add-que-se-vislumbra-carece-de-suporte.html
    Um abraço.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...