terça-feira, 26 de outubro de 2010

A argumentação do rompimento.

Governo rompe acordo sobre carreiras, entre outros compromissos.

Comentário: O artigo, cujo link coloquei acima, basicamente descreve os motivos que levam a FENPROF a considerar o acordo de Janeiro de 2010 globalmente "desfeito" por incumprimento de uma das partes (ou seja, pela parte do Ministério da Educação). Eu li na transversal, até porque já os conhecia, no entanto, aconselho a leitura aos colegas mais desatentos ou radicais.

Mas publicidades sindicais adiante, vamos àquilo que me fez referir este artigo da FENPROF e que são as notas finais do mesmo:

"• O ME esclarecerá as escolas, em tempo muito breve, que a ausência de formação contínua adequada e gratuita não terá repercussão na avaliação dos docentes ou na sua progressão na carreira;
• O ME esclarecerá as escolas, igualmente em tempo muito breve, que não se aplica aos docentes o Despacho 15248-A/2010, que impede a abertura de concursos para acesso na carreira. Está é a óbvia conclusão que se retira da leitura do mesmo, mas algumas escolas e direcções regionais de educação não conseguem libertar-se do seu profundo e gravíssimo problema de iliteracia jurídica, fazendo as leituras mais improváveis e incorrectas;
• No âmbito dos contactos que a FENPROF decidiu estabelecer, para apresentar as suas preocupações face ao OE 2010 e aos cortes que se prevêem na Educação, quarta-feira, dia 27 de Outubro, pelas 15 horas, realizar-se-á uma reunião com a Comissão de Educação e Ciência da Assembleia da República."

3 comentários:

  1. Esta coisa do rompimento do acordo é um bocado patético, independentemente das boas razões que o sustentam. Responde o ME: "ai é, vocês rompem o acordo num é? então nós também já não brincamos mais convosco e voltam os titulares e os professores, prontos". Não tenho paciência para estes ruídos, que visam mais a caixa que mudou o mundo e a vitimização que outra coisa, acho. Em todo este processo a FNE está a ser muito mais astuta.

    ResponderEliminar
  2. Refiro.me obviamente ao "rasgar" do acordo por parte da FENPROF.

    ResponderEliminar
  3. ASTUTOS OU NÃO O PAIS CAMINHA PARA A COVA, ACHO QUE ESTÁ NA HORA DE ACORDAR, SE QUISEREM.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...