quarta-feira, 16 de junho de 2010

Expectável há muito...

No Diário de Notícias a 16/06/2010: "O Ministério da Educação está a pôr em dúvida a abertura do concurso para entrada nos quadros previsto para o próximo ano, adiantou a Fenprof, após uma reunião com o Secretário de Estado Adjunto e da Educação, Alexandre Ventura. Segundo o sindicalista Mário Nogueira, o governante não deu garantias que seja possível abrir concurso no próximo ano, "em virtude dos constrangimentos que decorrem do Plano de Estabilidade e Crescimento (PEC)". E se houver concurso "não pode ser assegurada a dimensão das entradas", acrescenta. (...)"

Ver Artigo Completo (Diário de Notícias)

------------------------
Comentário: Depois da parte do artigo que eu referi acima, ainda são colocadas algumas passagens das actas entretanto "libertadas" pela FENPROF. Mário Nogueira refere o compromisso em acta, por parte do Ministério da Educação, em concretizar concursos de professores já em 2011. Eu não li isso... Li outra coisa (na acta de 8 de Janeiro). Li "não será possível abrir o concurso antes de 2011", e se não é antes, é "a partir de". No entanto, aquilo que ouvi na imprensa por parte de quem nos governa foi algo bem diferente, mas infelizmente "palavras leva-as o vento". Compreendo a revolta de Mário Nogueira. Acho que só agora consigo compreender a revolta de Mário Nogueira... Só agora, depois de já ter lido algumas das actas. Nunca pensei é que alguém com a experiência e maturidade de Mário Nogueira fosse capaz de "acreditar" tanto assim numa "mão cheia de quase nada". Em parte fico feliz por verificar que a "generosidade" não é uma característica em extinção. E é bem verdade, também eu, por vezes, sou demasiado "generoso"... Mas isso sou eu... E eu posso dar-me ao luxo de ser "generoso", e porque não dizê-lo, ingénuo, pois não represento ninguém...

Bem... No meio disto tudo, até me atrevo a dizer que mesmo que o "Concurso Nacional de Professores 2011" constasse do acordo de Janeiro, com este PEC seria abandonado tão ou mais rapidamente. Infelizmente para muitos de nós, parece-me cada vez mais longe um concurso já em 2011. Eventualmente um em 2013... E mesmo assim, já me está a parecer espectacular se este último realmente se concretizar.
------------------------

14 comentários:

  1. Eu continuo a achar o que sempre achei.
    Irá haver concurso em 2011 para servir os ex-titulares.
    Ou seja, um concurso apenas de mobilidade.

    ResponderEliminar
  2. os titulares, regra geral, estão onde querem; muitos até conseguiram ficar nas escolas dos seus desejos graças à titulatura!

    Abundânica no Presépio

    ResponderEliminar
  3. Neste post já colocavas reservas quanto ao entusiamo desse anúncio.
    http://profslusos.blogspot.com/2010/01/concurso-nacional-de-professores-para.html

    ResponderEliminar
  4. A única entidade que - para puxar o brilho à "excelência" do sofrível Acordo rabiscado com a Isabel "Sorrisos" - garantiu a pés juntos que haveria esse concurso em 2011 foi o Secretariado Nacional da FENPROF, verbalmente e por escrito.

    Devido a essa manhosa informação, muitos delegados sindicais andaram a fazer figura de "ursos" junto dos colegas das suas escolas, vendendo-lhes "gato por lebre".

    Agora passam eles por mentirosos e nem a um pedido de desculpas por parte da referida entidade assistimos...

    Tristeza...

    Paulo Ambrósio

    ResponderEliminar
  5. Parece-me que pela leitura da acta do dia 8 de Janeiro, não vincula o ME de realizar concurso de professores em 2011. Por isso segundo a legislação em vigor, as colocações (por 4 anos) do concurso nacional de 2010, é para vigorar até 2013.
    Agora com esta pressa de criação dos mega-agrupamentos até Agosto de 2011, é necessário verificar as reais necessidades dos professores nas escolas dos ditos mega- agrupamentos.
    Será o fim dos concursos nacionais?
    E implementação dos concursos a nível dos mega-agrupamentos???
    Aumenta a precaridade, o favor político e o factor cccccccccccc!!!!!!
    Volta Milú, está perdoada!!!!

    ResponderEliminar
  6. E que tal haver concurso em 2011 com o real número de vagas e continuarmos a ser renumerados pelo índice 151 até 2013....
    Seria bem melhor sabermos onde poderíamos organizar uma vida com bases assentes a um sítio, do que a cada ano que vem, nunca sabermos onde vamos parar...
    Professores com 30 e tal anos recusam-se a constituir família por nunca saberem onde vão parar...
    Acho que era benéfico para nós recebermos pelo mesmo índice mais 2 anos, mas sabermos que seria aquele sítio que nos iria acolher durante muitos e bons anos...
    Vale a pena pensar nisto, mais vale um pássaro na mão do que 2 a voar.
    Aos Sindicatos: Não há espaço para manobras, como prova está a batalha da avaliação na graduação....
    Saudações a todos!.
    Rui

    Vá, vá sejamos realistas...

    ResponderEliminar
  7. Megas agrupamentos, poucos contratados colocados uma vez que os departamentos vão passar a ser enormes "aglomerados" de pessoas e colocações feitas pelos directores.
    Vão ver se isto não é "futurologia" da certa.

    ResponderEliminar
  8. http://www.tvi24.iol.pt/politica/tvi24-madeira-psd-alteracoes-estatuto-docente/1170797-4072.html

    http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=12&id_news=455707

    Mais uma tentativa de adaptação do 270/2009 e afins. Vamos ver se é desta que se resolve, pelo menos em parte, o nosso problema apor qui pela RAM. Não posso opinar porque ainda não conheço o diploma que foi hoje aprovado, mas as vozes críticas que se vão ouvindo são muitas e é já sabido que vamos ser avaliados retroactivamente (sim, escrevi exactamente o que queria escrever...). Como o Advogado escreveu há tempos, nada disto resolve o que quer que seja em termos de mobilidade e intercomunicabilidade se não houver mudanças por aí. Nos próximos tempos conto ficar a perceber como é que se avalia retroactivamente desde 2007/2008 e em que etrmos vou ser avaliada relativamente a estes 3 anos que passaram.

    ResponderEliminar
  9. Para arlindovsky: Por uma questão de justiça, acho que deverá ser isso que vai acontecer: Concurso apenas de mobilidade.

    Novas entradas em quadro? Não me parece mesmo.

    ResponderEliminar
  10. Para Paulo Ambrósio: Bem... Ainda não me tinham lembrado dessa realidade. Por acaso, tive uma pequena "discussão" com um delegado sindical onde ele me assegurou exactamente o que referiste e só ultimamente reparei que não me consegue olhar de frente e que perdeu algum do seu porte sindicalista.

    Infelizmente...

    Preferia que o colega do sindicato tivesse realmente razão e até compreendo que ele se possa sentir um pouco enganado pelo sindicato que representa.

    ResponderEliminar
  11. Não foi só essa Paulo Ambrósio.

    Dirigentes e delegados do SPN desde Janeiro que garantiram que a ADD não ia contar para efeitos de concurso já em 2010.

    ResponderEliminar
  12. o que devem fazer é reconduzir todos por 4 anos...e dar-lhes os benefícios sociais ;a avaliação metam-na no caixote.
    ponham os vigaristas a pagar impostos,a comprar os carros,a gasolina e o telemõvel....que rapidamente arranjam dinheiro para me subir de indice.

    ResponderEliminar
  13. Brevemente teremos a notícia que já aqui escrevi. Deixa de haver concursos e estes passam a ser feitos escola a escola.

    Depois existe a questão da formação, que pelo andar da carruagem ou será paga por nós ou então será daquela que muitos de vocês irão ter do PTE e que... no fim dizem o que acharam! O objectivo é o ME deixar de a pagar e colocar colegas a ensinar outros colegas por boa vontade.

    E mais tarde virá aquilo que vão começar a fazer nas privadas que é: subidas só se houverem vagas, caso contrário também não há nehuma avaliação que valha.

    Mau, muito mau... como um amigo meu dizia hoje... lutar contra moinhos d evento!

    meus caros boa sorte a todos e que eu esteja profundamente enganado.

    ResponderEliminar
  14. Seria muito interessante que os nossos famosos sindicalistas não fossem pagos pelo Ministério da Educação, mas sim em função das nossas cotizações. Obrigado.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...