sábado, 14 de novembro de 2009

Beijos e bofetadas...

Professores que não entregaram elementos de avaliação não serão avaliados.

Comentário: Ui... Agora foi uma bofetada. Os professores que não entregaram elementos de avaliação não serão avaliados? Mas quais elementos? Os Objectivos Individuais? A Auto-avaliação? Mais uma vez, tudo pela "rama" com uma tremenda falta de explicitação. Estas subjectividades e interpretações dúbias começam a "dar cabo" dos meus nervos.

Bem, lá para 2.ª feira, já deverão aparecer notícias "beijoqueiras". Se estiverem atentos, irão constatar que logo a seguir a uma notícia boa... vem uma má. Que raio de estratégia... Ao menos a Maria de Lurdes Rodrigues era certinha: Notícia má, seguida de notícia má, seguida de notícia má...

15 comentários:

  1. não posso crer...já têm saudades da Lurdinhas?
    esqueçam,passou ...
    esperemos pelas boas notícias...

    ResponderEliminar
  2. Volta Milú, estás perdoada!
    Esperem que o melhor está para vir. Ai queriam avaliação a sério?

    ResponderEliminar
  3. Perdoada? A Maria de Lurdes Rodrigues? Nem pensar...

    No entanto, há que lhe reconhecer uma virtude: As más notícias eram constantes! Nisso ela era perfeita.

    ResponderEliminar
  4. Gostaria de poder olhar para Isabel Alçada e ver uma lufada de ar fresco no ME, mas infelizmente, e previsível, isso não está a acontecer. E nem vale a pena falar que irá haver uma nova avaliação e uma reestruturação no ECD, pois tudo isso seria sempre inevitável, com esta ou com a outra, face à maioria relativa.

    Já está há tão pouco tempo no cargo e já está fartinha de dar uma no cravo e outra na ferradura. De hoje dizer que sim, e amanhã dizer que não... Espero que os professores não caiam no risco de contentar-se com as falinhas mansas de IA. Não quero com isto estar já a estereotipá-la, mas os factos falam por si... Infelizmente!

    ResponderEliminar
  5. Com Sócrates a mandar no Governo é sempre de esperar pior amanhã do que ontem.

    ResponderEliminar
  6. Para visiense: Mais do que os professores, é de enorme importância que os dirigentes sindicais não se deixem enganar por "uma mão cheia de nada". E não podemos, de forma alguma, deixar que os partidos da oposição percam interesse na causa da educação.

    É importante estarmos com os olhos bem abertos.

    ResponderEliminar
  7. Para Ramiro Marques: Obrigado pelo elogio ao aspecto da "casa". Vindo de ti tem um enorme valor.

    Também me parece que andas em "renovações" na casa. Como já tive oportunidade de te responder num comentário anterior, se necessitares de ajuda é só dizeres (mais fácil se for por email).

    Relativamente a Isabel Alçada: Por mais que a nova Ministra da Educação, afirme autonomia em termos de política educativa, sabemos perfeitamente que ela não se pode afastar muito do rumo traçado pelo "timoneiro".

    Abraço para ti.

    ResponderEliminar
  8. Pelo menos com a Lurdinhas sabíamos que era porrada dia sim, dia sim.
    Esta é mais perigosa: embrulhou os sindicatos e vai transformar os professores nos maus da fita aos olhos da opinião pública.
    Não se esqueçam que os "escrevedores caceteiros" do regime continuam por aí com o ódio de sempre.

    ResponderEliminar
  9. Cá para mim a autonomia de que a senhora fala traduz-se em: sim, tenho autonomia para seguir as ordens do Zézito...
    Continuo com a sensação de que os sindicatos pouco ou nada farão, se não nos unirmos mais uma vez, a situação ainda vai piorar e muito.
    E para ajudar o PSD já mudou da palavra suspensão para substituição, os beijinhos que a Sra. Ministra afinal eram para o PSD e não para os professores.

    ResponderEliminar
  10. Por lapso não escrevi uma palvara no comentário anterior...Desculpem.
    Queria dizer "os beijinhos que a Sra. Ministra MANDOU afinal eram para o PSD e não para os professores."

    ResponderEliminar
  11. Isto já não volta é para trás... Belos tempos!

    ResponderEliminar
  12. parece que nem todos entenderam a ministra, e a mensagem é tão simples quanto "vai continuar a ser grande uma aventura exercer o cargo de professor numa perspectiva de profissionalismo e entrega, quem está no sistema que se resigne e diga sim, senhor director, quem pretendia vir a fazer carreira no ensino que se lembre que há muitos licenciados a trabalhar como caixeiros de supermercados, e os professores ranhosos que se vingaram não votando ps, retirando-me o poder absoluto, ficam a saber que já entrei em acordo com o psd para continuar a obra da minha antecessora". o prestígio que retiraram à classe, esse nem ela nem ninguém irá conseguir repor, o esquema dos cursos de férias de boston que lhe deram equivalência a mestrado em educação já foi chão que deu uvas, até o roberto carneiro proibir, agora temos bolonha e o + 23, e gosto muito de visitar o teu blog porque já dei aulas e sou mãe.

    ResponderEliminar
  13. (desculpem lá, profes, ficou um "grande" a mais ou fora do sítio no meu comentário anterior, por favor não digam nada ao meu ee, 'tá-se?)

    ResponderEliminar
  14. Ricardo, estavas mesmo à espera que a avaliação do 1º ciclo ia ao ar?
    A mim parece-me que os "elementos de avaliação" serão apenas a FAA. Os objectivos são aquela parte em que o ME vai ceder, no acordo que vai ser feito (ou já está feito?) com o PSD. Até deverá existir um prazo extra para aqueles a quem não deixaram, ou não quiseram, entreguem a FAA. Vamos ver se quem não entregou porque não quis entrega ou não. E assim, todos podem dizer que ganharam. O ME porque os professores foram avaliados, os professores, porque esta ADD (e o ECD?) caíram.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...