quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Hipocrisias...

No sítio da Visão a 02/09/2009: "Em entrevista à RTP, o líder socialista garantiu que, se voltar a formar Governo, tudo fará para restaurar uma relação "delicada" e "atenta" com os professores, reconhecendo falhas na forma como lidou com este sector.

José Sócrates falava em entrevista à RTP, na terça-feira à noite, após ter sido confrontado com as medidas tomadas pelo seu executivo em relação a magistrados e professores.

Interrogado sobre o que fará para reconquistar a confiança destes sectores profissionais caso vença as próximas eleições legislativas, o líder socialista respondeu: "Farei o meu melhor".

Na entrevista à RTP, o primeiro-ministro admitiu que o Governo poderia ter sido mais sensível às reivindicações dos professores e que a sua equipa falhou na forma de comunicar os objectivos da avaliação de desempenho.

"Talvez não tivesse havido, e reconheço isso sem problemas, suficiente delicadeza no tratamento da nossa relação com os professores. E porventura falhámos aí, nessa forma de nos explicarmos, nessa relação", disse José Sócrates.

"Deixar criar a ideia de que nós fizemos isso contra os professores é tão infantil. Nunca esteve no nosso espírito, pelo contrário. Nós sempre tivemos a maior das preocupações em que isso não acontecesse dessa forma. Se isso aconteceu, eu farei tudo o que estiver ao meu alcance para o corrigir", acrescentou."

Ver Artigo Completo (Visão)

------------------------
Comentário: Só agora Sócrates admite que poderia ter feito as coisas de outra forma, no que aos professores concerne. Agora?! A menos de um mês de eleições legislativas?! Mas será que algum professor (sem interesses a nível governamental, autárquico e de direcção de uma escola) se acredita nestas «confissões»?! Tantos anos a fazer «asneiras» e a maltratar os professores... Mais valia estar caladinho e nem se atrever a falar nos professores. De falsos arrependimentos está o inferno cheio. Decididamente, estas declarações de José Sócrates apenas serviram para me irritar.
------------------------

6 comentários:

  1. Ricardo. Estou absolutamente de acordo contigo. Está arrependido porque prevê uma derrota idêntica às europeias.
    A verdade é que ele, com estas colocações, conseguiu satisfazer uma boa parte dos professores. Só espero que os professores não se esqueçam, na hora do voto, de tudo o que "esta gente" fez à classe durante a sua legislatura.

    ResponderEliminar
  2. De repente Sócrates viu a luz. Coitadinho, tão arrependido que ele está. Se eu tivesse alma, até teria ficado comovida...

    ResponderEliminar
  3. Está com a corda ao pescoçoo Sr. Socrates.
    Coitadinho...
    Não tenho pena nehuma.
    O meu voto não esquecerá o que ele e a Milu fizeram!
    Vão arder no Inferno!

    ResponderEliminar
  4. Não vi a entrevista, ontem achei que não devia peder tempo com isso.
    Mas só de ler o que escreveste também já me irritei, mas não mais que ontem, que saí para tomar café e as pessoas das minha mesa estavam todas fascinadas com as coisas que o Sr. Engenheiro disse na entrevista... antes tivesse ficado em casa.

    ResponderEliminar
  5. em democracia temos de admitir as opiniões dos outros;
    tem todo o direito em explicitar a sua..

    ResponderEliminar
  6. Sócrates sabe perfeitamente que a esmagadora maioria dos professores não irá votar no PS. Parece-me que estes «arrependimentos» são dirigidos à opinião pública em geraç, e não à nossa classe...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...