terça-feira, 26 de maio de 2009

Encontramo-nos Sábado.

1) Este governo desfigurou a escola pública. O modelo de avaliação docente que tentou implementar é uma fraude que só prejudica alunos, pais e professores. Partir a carreira docente em duas, de uma forma arbitrária e injusta, só teve uma motivação economicista, e promove o individualismo em vez do trabalho em equipa. A imposição dos directores burocratiza o ensino e diminui a democracia. Em nome da pacificação das escolas e de um ensino de qualidade, é urgente revogar estas medidas.

2) Os professores e as professoras já mostraram que recusam estas políticas. 8 de Março, 8 de Novembro, 15 de Novembro, duas greves massivas, são momentos que não se esquecem e que despertaram o país. Os professores e as professoras deixaram bem claro que não se deixam intimidar e que não sacrificam a qualidade da escola pública.

3) Num momento de eleições, em que se debatem as escolhas para o país e para a Europa, em que todos devem assumir os seus compromissos, os professores têm uma palavra a dizer. O governo quis cantar vitória mas é a educação que está a perder. Os professores e as professoras não aceitam a arrogância e não desistem desta luta: sair à rua em força é arriscar um futuro diferente. Saír à rua, todos juntos outra vez, é o que teme o governo e é do que a escola pública precisa. Por isso, encontramo-nos no próximo sábado.


Subscrevem:

Os blogues: A Educação do Meu Umbigo (Paulo Guinote), ProfAvaliação (Ramiro Marques), Correntes (Paulo Prudêncio), (Re)Flexões (Francisco Santos), Educação SA (Reitor), O Estado da Educação (Mário Carneiro), Professores Lusos (Ricardo M.), Outròólhar (Miguel Pinto), O Cartel (Brit.com, Advogado do Diabo).

Os movimentos: APEDE (Associação de Professores em Defesa do Ensino), MUP (Movimento Mobilização e Unidade dos Professores), PROmova (Movimento de Valorização dos Professores), MEP (Movimento Escola Pública), CDEP (Comissão em Defesa da Escola Pública)

Nota: Este manifesto conjunto (iniciativa do Movimento Escola Pública), é um apelo de mobilização, por parte de professores bloggers e movimentos de professores, em torno de uma iniciativa: A Manifestação do dia 30 de Maio, em Lisboa. Um claro esforço de união e mobilização para uma última «batalha», que poderá decidir o desfecho da «guerra».

3 comentários:

  1. Acrescenta mais um blog á lista, O Cartel.
    Até Sabado.

    ResponderEliminar
  2. É importante que todos nos mobilizemos para passar a mensagem ao maior número de colegas.
    Não nos esqueçamos que nem todos os professores andam aqui pelos blogs... Nós, que já estamos motivados e já nos sentimos acompanhados, temos que passar à acção, temos que quebrar o silêncio, temos que fazer avançar a onda.

    Bosque

    ResponderEliminar
  3. EU VOU....se fomos duas vezes...ir uma terceira não ciusta nada!

    mARTA,
    Bragança

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...