terça-feira, 28 de outubro de 2008

Reflexão sobre as manifestações.

Este post vai dirigido aos docentes que representam os movimentos de professores e/ou para aqueles que de uma forma ou de outra estão a encarar as duas manifestações como uma guerra "pessoal".

Já li diversos comentários neste blogue e em outros, em que a manifestação de 8 de Novembro é radicalmente "diabolizada" e a de 15 de Novembro a única opção. É necessário reflectir seriamente sobre este tipo de posições. Convém não sermos radicais para depois cairmos em retratamentos ou em arrependimentos. Existem argumentos que convém ter em consideração. Não os vou enumerar todos, e nem é o objectivo deste post desmobilizar qualquer das manifestações, no entanto, embora as datas de entrega dos objectivos individuais variem, em muitas escolas essa data está agendada. E está agendada para 15 de Novembro! Se o último dia útil é dia 14 (sexta-feira)... O raciocínio está feito. E este é um argumento sério que deve ser levado em linha de conta.

Depois também existem os argumentos, utilizado para pressionar os movimentos de professores que residem basicamente nisto: (a) Se recuarem e fizerem apenas a de dia 8, vão ser descredibilizados; (b) Se apenas for feita a de dia 8, a maioria dos professores não vai; (c) Ficaremos desiludidos se se "rebaixarem" à pressão dos sindicatos. Etc... São imensos os argumentos, mas quase todos são variações dos 3 anteriores. Isto é radicalizar discursos e entrar na mesma "onda" dos sindicatos. Não o façamos... Não será bom para nós, seguir este rumo. Para além disso, na eventualidade da manifestação de 8 de Novembro ser um fiasco, os movimentos de professores terão (de forma implícita e explícita) um acréscimo de responsabilidades e deverão arranjar forma de terem intervenção directa nas negociações com o Ministério da Educação. Os movimentos de professores estarão preparados para isso? Se sim, o meu apoio é total!

No entanto, continuo a achar que apenas uma manifestação seria bem mais proveitosa. Tudo bem que os sindicatos permaneceram num silêncio doloroso até os movimentos de professores terem marcado a manifestação, no entanto, não coloquem de lado a realização de apenas uma das manifestações. Se o entendimento surgir, não o considerem como uma derrota, mas como uma vitória da união. Eu próprio critico os sindicatos e a forma como agiram, mas não descarto a possibilidade de um consenso no dia da manifestação. Assim, fica aqui o meu pedido: Ouçam os argumentos dos sindicatos... Ouçam a voz da razão (e não a do coração)... E ponderem que o vosso "gesto" poderá reforçar ou diminuir a voz dos professores.

Para terminar, continuo a não conseguir optar por uma das manifestações. Se estou mais inclinado para a manifestação de 15 de Novembro é apenas por motivos emocionais, dos quais ainda não me consegui "libertar" na totalidade. Tenho de puxar por todo o meu sentido de racionalização para tentar considerar a de dia 8 de Novembro como opção. No entanto, continuo a ter esperanças num consenso e no bom senso dos movimentos de professores (sim... não estou à espera que os sindicatos partilhem do bom senso). Pensem em tudo o que escrevi, e tentem colocar de lado a "raiva" contra os sindicatos, que todos nós partilhamos, antes de tomar uma decisão.

3 comentários:

  1. Ricardo a minha decisão esta tomada..e irei no dia 8 manifestar-me em LX pk ninguém aguenta isto:

    Não há estabilidade na profissão;
    Existe na escola claras divisões;
    Trabalho ilógico a ser efectuado;
    É torturoso ser Professor com este M.E.

    Eu não espero por mais "prendas" por parte deste Governo.

    Apesar de achar que os Movimentos de Professores são cada vez mais importantes também eu devo apelar a que estes se juntem a dia 8 e que dia 15 marquem manifestações nas capitais de distrito.(Eu estaria nas duas).

    Apelo também a união entre professores pk muitos não se convencem que este processo "arrasta" muitos professores para a burocracia e para insanidade.

    UNAM-SE!!

    ResponderEliminar
  2. Os sindicatos não pensaram em nós quando assinaram o entendimento. Vou ser eu a pensar neles? Nada disso. Eu vou à manif de 15 e mais nada.

    Viva os movimentos de professores! Eles sim fazem tudo o que podem sem olhar a interesses.

    ResponderEliminar
  3. Ricardo, vai aqui:
    http://ocartel.blogspot.com/2008/10/prmio-dardos.html
    Um abraço

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...