quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Já começa a ser demais!

No sítio da FENPROF a 28/10/2008: "Os Sindicatos da FENPROF estão a realizar, em todas as escolas e agrupamentos de escolas, reuniões sindicais onde estão a ser discutidas matérias de inquestionável interesse para o futuro da escola pública e da profissão docente", sublinha uma nota divulgada (28/10/2008) pelo Secretariado Nacional da FENPROF, que acrescenta:
(...)
Os docentes perceberam o verdadeiro sentido político do dia 8 de Novembro. Não só responde, sem margem para dúvidas, ao ataque que sobre os docentes está ser exercido permanente e sistematicamente, como dará um sinal inequívoco de que os professores estão dispostos a prosseguir a acção e a luta, resistindo a esta política para impedir os seus resultados muito negativos.
(...)
Tem corrido a blogosfera e tem-se propagado por correio electrónico a informação de que a FENPROF iria realizar uma reunião com representantes de três movimentos de professores. Esta informação não é rigorosa. Foi solicitada, apenas, a possibilidade de representantes de movimentos exporem os motivos dos seus recentes posicionamentos em relação à situação na Educação. O que foi, aliás, aceite, como também é normal fazer-se, sempre que uma associação ou movimento o solicita, num espírito de unidade que a FENPROF sempre sustentou. (...)"

Ver Artigo Completo (FENPROF)

------------------------
Comentário: Evitei colocar aqui este artigo, mas sinceramente, o que é demais é moléstia. Este tipo de declarações começa a irritar-me profundamente... Mas afinal o que pretende a FENPROF? Desmobilizar docentes? Incitar a desunião? Acicatar ânimos? Insistir em protagonismo? Já chega! Basta deste tipo de discursos e declarações. Começam a roçar a propotência e a arrogância.

Se eu ainda fosse sindicalizado, não hesitaria nem por um minuto, em suspender as cotas. Acabava de vez com uma despesa inútil e que só atribui representatividade a quem não merece e nem sabe fazê-lo correctamente. O que vale é que deixei de ser sindicalizado na altura do Memorando de Entendimento, e nunca me arrependi dessa decisão.

Continuo a ter esperança no bom senso dos representantes dos movimentos de professores. Continuo a apelar a quem tem poder de decisão para que apenas uma grande manifestação seja concretizada. Mas o que em consciência não posso fazer é sustentar e apoiar os sindicatos com o meu dinheiro, com uma representatividade que serve apenas para "aquecer lugares" e de argumento para a arrogância e o autismo.
-----------------------

3 comentários:

  1. http://escolapublica2.blogspot.com/2008/10/moo-aprovada-por-unanimidade-na-reunio.html

    ResponderEliminar
  2. Ricardo, estive numa dessas ditas reuniões, e quase fui "linchado" por ter questionado se não haveria algumas razões para estes movimentos se estarem a distanciar dos sindicatos. Além de que nem sequer colocam a hipótese de dia 15 ter um número significativo de professores. Infelizmente, a união necessária não me deixa apelar a uma forte adesão à manif de dia 15, mas que muita gente nos sindicatos estaria a necessitar de uma lição de humildade, ai isso estaria...

    ResponderEliminar
  3. Este é um dos temas que me provoca uma profunda azia, principalmente depois do que acinteceu hoje lá pela minha escola, mas amanhã, se conseguir, eu desenvolvo isso lá no meu cantinho.

    Por agora, toma lá um reconhecimento pelo teu excelente trabalho:

    http://inducacao-enstrocao.blogspot.com/2008/10/prmio.html

    Um Abraço

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...