quarta-feira, 16 de julho de 2008

Cansaço acumulado...

Só irei proceder a actualizações neste blogue, na sexta ou no sábado. Estou demasiado exausto... E ainda tenho de ponderar a minha eventual candidatura e elaborar dois relatórios inerentes a funções que desempenho na escola. Embora já tenha colocado aqui esta música, para mim continua a ser a mais adequada a estas situações.

Um último desabafo: Por mais anos que passem não consigo deixar de me sentir triste e revoltado com as injustiças e maldades que alguns colegas são capazes de dizer e fazer. É inacreditável aquilo que acontece nas escolas quando temos colegas que só têm em mente uma única coisa: A avaliação do desempenho. É nestas ocasiões que me sinto completamente só! Sinto-me um "perfeito anormal", que sempre lutou contra a maré do egoismo e que no final... No final, vê e sente na pele a inveja, a maldade e a estupidez que dificilmente deixará de me surpreender. Devo ser mesmo ingénuo. Mesmo com 30 anos e muita "porrada" continuo a acreditar nas pessoas...

Peço desculpa por este "abrir de alma", mas como devem ter percebido, o cansaço aliado à tristeza não são uma boa mistura para quem quer e gosta de ajudar. Fiquem bem...

Espero que tudo corra bem com o vosso concurso.

Música de "Anastacia" - (Tema: Sick and Tired).


10 comentários:

  1. Colega!
    Não perca a energia e a alegria. Saiba que há milhares de pessoas que, tal como eu, lêem o seu blog porque a acham útil. Eu já levo 53 anos e por vezes também me sinto assim mas a luta dá energia e alegria. O combate é bom. Mantém-nos vivos e com vitalidade. Nietzsche disse:
    "o que não me mata, fortalece-me"

    ResponderEliminar
  2. De facto: o que não mata, faz crescer...

    Parabéns pelo blogue e pela capacidade de trabalho que ele demonstra...

    ResponderEliminar
  3. Esse ambiente que vives é notório que existe em muitas escolas.
    Já ouvia eu um conselho que adaptei:
    Se não conseguires passar ao lado... passa por cima... Se não der resultado, enfrenta-o (o problema/obstáculo...). Este ensinamento leva-nos a fortalecer-nos a nós mesmos.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Olá Ricardo.
    Imagino bem como estás, nesta fase andamos todos estafados.... Estes 2 últimos dias passei uma média de 8 horas por dia ao computador.... Tenho as órbitas aos saltos....
    Mas estou na profissão que me realiza, é o que gosto de fazer, e isso é o mais importante, não achas?
    Temos que passar à frente de certas coisas; não te preocupes com o mal que os outros fazem, preocupa-te sim, em tu seres sempre melhor. Não melhor que os outros, mas que tu mesmo, temos que nos tentar superar. Não temos que ser bons porque os outros são maus.
    Eu ainda nem concorri, nem fiz a auto-avaliação.... nem tive tempo.Hoje sem falta envio as auto-avaliações de colegas, já q a minha ainda nem vê-la....
    Acho que já comecei a stressar antecipadamente com o próximo ano.... quando serei colocada? Onde.... Enfim, todos os anos o mesmo.
    E olha, cá vou espreitando, como é habitual, e deixando uma palavra de ânimo... E tens que pensar.... não é qualquer um que recebe uma palavrinha animadora do Prof. Ramiro Marques, hein...???

    Bom fim-de-semana.
    Sónia B.

    ResponderEliminar
  5. Olá ProfContratado,

    o teu desânimo é evidente, mas tal como a colega Ju disse "passa por cima", aliás já demonstraste ter capacidade para isso e muito mais, uma prova é este excelente blogue que tem ajudado centenas, ou até talvez, milhares de professores em desespero.
    O teu trabalho é de facto fantástico. Não te deixes abalar pela mesquinhez de pessoas que só se sentes bem ás custas da tristeza dos outros, é a tristeza dos outros que as alimenta e as faz regozijar. És superior a isso.
    Continua o excelente trabalho e da minha parte os meus sinceros parabéns e o meu muito obrigada.
    FORÇA!!!!

    ResponderEliminar
  6. ups uns erritos em "sentes" - "sentem" e "ás" - "às". ;o)

    Sorry

    ResponderEliminar
  7. O ser humano é imperfeito por natureza infelizmente. Laços de amizade sincera não existem (é só interesse!!!) Na minha escola tb já sofri com estas tretas da avaliação!! O meu lema é seguir sempre o que vai na alma. Os invejosos ou ambiciosos mas cedo ou mais tarde entram em declínio mental profundo..acredite!!

    ResponderEliminar
  8. Embora já esteja acostumado a este tipo de "embates" psicológicos, o certo é que continuo a deixar-me surpreender.

    Para ramiro marques: É bem verdade o que escreveu... Há uns anos atrás deixava-me afectar muito mais! Mesmo não tendo conciência, o que é certo é que a cada embate fico mais fortalecido. Por vezes, gostava de ser bem mais racional e menos emotivo. Agradeço o apoio. Principalmente vindo de que quem vem... Um abraço.

    Para emn: Felizmente aqui a minha capacidade de trabalho e vontade não são alvo de críticas e estão a salvo da avaliação do desempenho.

    Para juflores: É um bom conselho... Na realidade, tento sempre evitar problemas, mas é como dizes, nestes casos, se não enfrentar as pessoas, vão continuar a pensar que estão por cima.

    Para sónia b.: Tudo o que escreveste é certo... Temos mesmo de ser os melhores. Não por comparação aos outros, mas tendo como referencial nós próprios. Espero que consigas fazer tudo...

    Para carla cruz: Agradeço as palavras de apoio. Deixaram-me com o meu ego nos píncaros. ;)

    ResponderEliminar
  9. "Os invejosos ou ambiciosos mas cedo ou mais tarde entram em declínio mental profundo". Adorei esta frase... Diz tudo sobre alguns colegas. Eh eh eh...

    ResponderEliminar
  10. Olá Professor contratado!
    Não vou enganar. Não sou prof. contratada. Antes mais uma que,mesmo em quadro de escola, se sente desencantada.
    Adoro ler o que escreve. Obrigada pelas informações e outros apoios documentais.
    Sabia que entre os colegas de estatuto mais elevado nas nossas escolas proliferam os tais invejosos ou ambiciosos? E que a epidemia tende a alastrar?!
    "Bora lá " inverter a situação?!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...